Atividade física contribui para aprovação no vestibular

Atividade física contribui para aprovação no vestibular

Oficina do Estudante

19 Dezembro 2018 | 17h46

Por Juliano Sanches

E-mail: imprensa@oficinadoestudante.com.br

Para escapar do estresse, sobretudo, agora, na 2ª fase do vestibular, é imprescindível recorrer ao esporte, enquanto válvula de escape, capaz de entregar o equilíbrio físico e mental ao aluno até o término da última prova.

O tempo médio para se dedicar às modalidades deve ser de 1h, pelo menos, durante três vezes por semana, para que se atinja os resultados, definidos por meio do apoio de profissionais especializados.

Entre as práticas adotadas, estão cross fit, caminhada, natação, dança, basquete, ciclismo, yoga, futebol.

Há um conjunto de neurotransmissores, que são decisivos na medida em que se aproximam as horas do exame. A endorfina está associada ao prazer e ao relaxamento. Já a serotonina se expressa pela elevação da sensação de felicidade. A dopamina contribui para que se atinja um propósito e, por consequência, encontre um significado nos projetos executados.

Os exercícios combatem os sinais de depressão e ansiedade, além de reduzirem a tensão corporal.

A equipe de estudantes de alto desempenho se equipara aos times olímpicos, principalmente, com relação à preparação emocional para cada novo desafio.