A difícil escolha de uma profissão

A difícil escolha de uma profissão

Oficina do Estudante

07 Abril 2016 | 10h58

Faaaaaaaala pessoal, tudo certo?
Desde que a gente é bem pequeno, é normal brincar de diversas profissões: Tem quem goste de fingir ser um professor, outros bombeiros e até mesmo astronautas! Com o passar do tempo, nós vamos desvendando quais são as áreas que mais gostamos, as que temos mais afinidade e, aos poucos, descobrimos a carreira que realmente queremos seguir nas nossas vidas.

Aí chega o momento de você presta vestibular. E agora, hein? Nem sempre o curso que nós queremos seguir, a profissão que queremos está clara nesse momento. E aí? Desespero? Chama o Xamu? Nada disso meus queridos! Uma dica para quem está às vésperas desse momento tão importante da vida é justamente pesquisar, ouvir e, principalmente, tirar dúvidas com profissionais da área que você pretende seguir.

Professores Enzo Vasques (R.I) , Mariana Rinaldi (Administração) e Raquel Baracat (Direito) palestraram no

Professores Enzo Vasques (R.I) , Mariana Rinaldi (Administração) e Raquel Baracat (Direito) palestraram no “Oficina Profissões” (Foto: Wesley Bastos)

Pensando nisso, o Colégio Oficina do Estudante promove periodicamente debates e palestras com pessoas das mais diversas áreas de atuação. O projeto “Oficina Profissões” tem como mote realmente ajudar os alunos por meio de um contato mais próximo com as carreiras através das experiências de renomados profissionais que atuam no mercado. É uma forma de quem ainda não se decidiu, tomar sua decisão e quem já sabe o que quer fazer reforçar a sua ideia e ter certeza daquilo.

f2

Enzo Vasques destacou a importância do curso de RI (Foto: Wesley Bastos)

É consenso que fazemos as escolhas das nossas carreiras muito jovens. Fazer uma opção “errada”, no entanto, não significa o fim do mundo ou que estaremos presos àquilo e nunca mais faremos outra coisa. Muito pelo contrário. A graduação é apenas o primeiro passo numa jornada que pode nos levar a inúmeros caminhos.

f1

Professora Mariana Rinaldi falou sobre Administração (Foto: Wesley Bastos)

Caminhos opostos ou que se entrelaçam. Não importa! O que vocês devem pensar é o seguinte: A carreira que você escolherem não é uma sentença. Mesmo que num primeiro momento não seja aquilo que desejam, continuem estudando. Estudem sempre! Afinal, ao estudar, uma infinidade de possibilidades se abre e aí aquilo que era turvo e incerto, torna-se óbvio e claro.