Ainda dá tempo de dar um gás na preparação para o vestibular

Ainda dá tempo de dar um gás na preparação para o vestibular

Escola Morumbi

19 Julho 2016 | 15h46

post vestibular

Para quem está se dedicando ao vestibular, as férias também são momento de estudar.

Especialistas afirmam que o aluno deve intercalar períodos de estudo e de lazer nas férias.

“Como o tempo é curto, o estudante deve fazer uma revisão dos tópicos mais recorrentes e mais difíceis explica a coordenadora do Ensino Médio aqui no colégio Nossa Senhora do Morumbi, Maria Celina Valverde. “O ideal é que o aluno separe dois terços das férias para os estudos e um terço para a vida pessoal”.

Separar um período de julho para o descanso é fundamental, já que o excesso de estudos pode levar o estudante ao esgotamento.

“Vestibular, além de conhecimento, exige resistência”, explica a professora Celina.

Cada estudante deve fazer o planejamento de suas férias, organizando a rotina de estudos e de lazer.

Mas, apesar de o descanso ser necessário, o jovem deve ficar atento para não ficar muito tempo parado. Se parar por mais de uma semana, ele terá dificuldade para retomar o ritmo acelerado de estudos.

Faltando pouco o final das férias, o ideal é que o jovem avalie se esses dias devem ser dedicados aos estudos ou ao descanso, de acordo com o que já foi feito até aqui.

Ele deve usar o tempo livre para relaxar e também estudar. Também dedicar-se às leituras obrigatórias e aproveitar para fazer anotações sobre as passagens mais relevantes. Outra dica são atividades culturais, como ir ao cinema, teatro ou museu. Além de relaxar, elas ajudam a desenvolver repertório, crucial na hora da redação.

Nos estudos, os estudantes, segundo a coordenadora Celina, devem aproveitar para fazer as tarefas atrasadas para começar o segundo semestre sem nenhuma pendência.

Outra dica importante é resolver provas dos anos anteriores.

“Além de treinar o conhecimento já adquirido, o aluno conhece a pegada de cada vestibular”, diz Celina Valverde, que alerta: “Dê preferência às provas que serão aplicadas primeiro como o Enem, que acontecerá no início de novembro”.