U – últimos 50 dias
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

U – últimos 50 dias

Claudia Gonçalves

26 Novembro 2013 | 22h57

 

 

 

 

 

Entre 03 e 15 de janeiro de 2014 terminarão os prazos da segunda rodada de aplicações para os principais MBAs nos Estados Unidos e alguns na Europa também.  Como a terceira e última rodada não é viável para candidatos internacionais, por prazos de tramitação de visto de estudante e demais burocracias que envolvem a mudança por 2 anos para um outro país, essa segunda rodada praticamente encerra a temporada 2013-2014 de aplicações para MBAs internacionais.

O primeiro passo para não se perder ou esquecer de algum detalhe importante é se organizar.

Praticamente todas as escolas têm em seus sites um check list com os elementos que compõem o pacote de aplicação:

v  Preencher o formulário online

v  GMAT e Toefl (este apenas para estrangeiros)

v  Histórico escolar da faculdade (mais tradução juramentada para estrangeiros)

v  Cartas de recomendação

Essays

v  Currículo (normalmente em 1 página)

v  Taxa de inscrição

Monte sua tabela com os seus check lists para as escolas às quais aplicará. Veja detalhes e diferenças entre os processos para não correr o risco de pular alguma etapa ou não ter tempo hábil de providenciar algo específico para alguma escola.

Uma vez que já tenha uma visão global do processo organize-se para a bateria de tarefas à frente. Sugiro que primeiramente ataque as tarefas das quais dependerá de terceiros: cartas de recomendação, emissão de histórico escolar e a sua tradução juramentada.  Garanta que as pessoas envolvidas lhe retornem esses matérias a tempo de aplicar. Como as festas de final de ano e férias acabam tornando dezembro um mês muito curto, tenha a certeza de que não será surpreendido por um recomendador que viaja para algum lugar remoto, sem acesso a internet e que só volta depois de 10 de janeiro…

Uma vez que as tarefas que dependem de terceiros estejam sendo administradas,  veja o que está no seu prato.  Fazer e/ou enviar scores de GMAT e TOEFL  para cada escola, ter a sua estratégia de posicionamento, estudar cada escola e entender como é a vida por lá e escrever seus essays e currículo. Entre uma tarefa e outra vá preenchendo aos poucos os formulários online – trabalhosos, consomem muito tempo.

Como agora os prazos são apertados, talvez seja mais prudente escolher poucas escolas e dedicar-se a fazer um bom dossiê.

Para dar conta de tantas etapas trabalhosas sem dúvida cada um precisa de foco, determinação e disciplina. O planejamento inicial é extremamente importante. Não caia na tentação de sair fazendo as coisas sem ter uma visão geral do processo. E tenha otimismo!