O bom enrolador
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

O bom enrolador

Paula Braga

30 de junho de 2022 | 11h13

Semana passada fiz um comprometimento público (através deste mesmo blog) que iria escrever a cada 15 dias.

Estamos chegando no tal prazo e …… nada. Óbvio, né?

Para tentar limpar minha barra, vou tentar justificar. Comecei um texto na passada. Meio arrastado, mas ele ia surgir.

Até que….o computador pifou. E perdi tudo.

E desanimei e cá estou da estaca zero novamente.

Quantas vezes nos comprometemos com alguma meta – vou estudar para o GMAT 3h/dia, vou aplicar para x vagas de emprego, vou ligar para tal pessoa sem falta – que apesar de sabermos ser IMPORTANTE (e totalmente ligada ao que desejamos), a gente simplesmente não faz.

Mesmo sendo coach (vulgo, conhecendo e praticando grande parte do ferramental/conceitos por trás de cumprir objetivos), vira e mexe, me boicoto.

E daí rola aquele ciclo de frustração…de sentir-se culpado/irritado/desanimado…

Às vezes esse ciclo dura horas.  Às vezes dias e, às vezes, anos.

O que eu estou pensando é que é difícil evitar totalmente esse ciclo…afinal, se se fosse fácil/confortável eu fazer aquilo a que me propus (no meu caso, escrever), eu já teria feito. Se fosse minha prioridade, também.  Não é e não é.  Portanto a chance de eu enrolar é alta.  Negar essa realidade não me ajuda. Me punir tampouco.

O que faço então (e estou fazendo no momento) é entender que minha trajetória virá com esses altos e baixos.  Não vou deixar de enrolar para escrever.  Você provavelmente não vai deixar de achar desculpas para ter aquela conversa desconfortável/estudar/passar a fazer exercícios. 

Mas o que sim podemos tentar é reduzir esses períodos de improdutividade.  No meu caso…se antes eu ficaria (como fiquei) 4 meses sem escrever, agora – quem sabe – não posso colocar um limite máximo de 2 meses?  E depois talvez 1? E, quando saturno virar retrógado, quem sabe não limito meus espaçamentos a 15 dias?

Por isso, minha reflexão de hoje é: Vamos assumir de boca cheia que nós NÃO VAMOS CUMPRIR NOSSOS OBJETIVOS!  Vamos falar com orgulho que SOMOS DO TIME QUE VAI POSTERGAR, ACHAR DESCULPAS E ENROLAR, SIM! E que, já que assumimos que vamos procrastinar, vamos nos tornar bons nisso! Minha meta é ser a cada dia um procrastinador mais eficiente! Ou seja, se antes eu precisava de 2 meses para procrastinar, agora eu já procrastino tudo que preciso em 1 só!

Bora tentar? Agora não? Tudo bem!

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.