E – Entrevistas virtuais
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

E – Entrevistas virtuais

Claudia Gonçalves

11 Fevereiro 2014 | 22h18

 

 

 

Cada vez mais frequentes, as entrevistas em ambientes virtuais como video conferência  ou skype ou face time requerem alguns cuidados adicionais. Normalmente será o primeiro contato para entrevista de um summer job entre o primeiro e segundo anos do MBA; ou será a entrevista de admissão para o MBA.  Muito embora as perguntas sejam as mesmas, algumas regras de etiqueta mudam muito.

Adeus aperto de mãos, troca de cartões, entregar currículo e muito da linguagem corporal. Entram em cena cuidados diferentes: iluminação adequada; camera e microfones de boa qualidade; testar tudo com antecedência, e no caso do Brasil, torcer para que sua conexão com a internet esteja boa!

Ambiente: procure um ambiente sem muitos estímulos visuais atrás de você, pois o foco deve ser você.  Uma dica interessante que li foi de colar cartolina branca atrás de si para um ambiente neutro.

Iluminação: capriche na iluminação para que seu entrevistador o veja bem. Sem o recurso da expressão corporal, a expressão facial é muito importante em entrevistas virtuais.

Som: Ajuste volume de microfone e alto-falantes, talvez adquirir um headset discreto seja bom. Utilizar os alto-falantes do computador geram eco/ repetição para o entrevistador e atrapalham a compreensão.

Posição da câmera: busque posicionar a câmera a altura de seus olhos, para replicar a sensação de contato frente a frente pessoal. Olhe para a câmera em vez de olhar para a tela de seu computador. Seu entrevistador terá a sensação de que está olhando para ele.

Para iniciar a interação, em vez do aperto de mãos, nas entrevistas virtuais se acena levemente com a cabeça para frente, trazendo os ombros à frente também, mas sem exageros (o entrevistador não precisa ver o topo de sua cabeça…).

Escolha um local silencioso, em que vozes de outras pessoas ou qualquer outro estímulo sonoro não estejam presentes.

Cuidado com pausas e silêncios prolongados em entrevistas virtuais. Uma vez que a linguagem corporal é virtualmente nula, o ritmo da voz, as pausas e cadência das respostas se acentuam. Não comente como é estranho entrevistar virtualmente, pois soará inexperiente. Vista-se com trajes de negócios, pois dará um ar mais profissional à entrevista. Peça para alguém simular uma entrevista com você e aprenda com os feedbacks! Estes podem englobar (i) se a parte tecnológica está boa – som, imagem, ambiente de fundo, iluminação; (ii) como você aparece em frente à câmera; (iii) se passa uma impressão profissional, clareza no que fala, boa energia, preparo.

Nas entrevistas virtuais, os pequenso vícios de linguagem se destacam ainda mais. Evite falar muitos “né”, “ah”, “então”, “daí”. Procure se esforçar para uma linguagem mais formal e gramaticalmente correta.