No Dia do Estudante, Glória discute sobre a saúde mental na pandemia

No Dia do Estudante, Glória discute sobre a saúde mental na pandemia

Colégio Marista Glória

10 de agosto de 2021 | 11h27

Colégio Marista Glória recebe a psicóloga e pesquisadora Ilana Katz, em um espaço de promoção de socialização, de saúde física e mental

O Dia do Estudante é comemorado no Brasil dia 11 de agosto. A data é celebrada desde 1927, ano que completou o centenário da criação dos cursos de Direito no país.

No dia 11 de agosto de 1827, Dom Pedro I autorizou os primeiros cursos superiores em Direito, localizados em Olinda (PE) que deu origem à Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e a outra em São Paulo (SP), que deu origem à Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP).

Aproveitando as comemorações do Dia do Estudante, o Colégio Marista Glória, convidou a professora Dra. Ilana Katz para falar sobre saúde mental na pandemia, às 19h.

Diante da experiência que alunos e professores atravessam em um ano e meio de crise social e sanitária, como voltar a conviver? Quais estratégias pessoais e coletivas são necessárias para construir para a retomada do convívio? Há pouco mais de um ano, a sociedade foi impelida a uma vida digital, de diversas “abas” abertas. Hoje, diante de tantas abas, em qual delas a comunidade escolar se encontra? Essas questões nortearão a palestra, favorecendo a interação e a assertividade das discussões.

A atividade faz parte de um ciclo de palestras e encontros promovidos pelo Colégio visando refletir a respeito das melhores alternativas tecnológicas para assegurar o desenvolvimento acadêmico articulado com a formação integral dos estudantes.

Durante esse ciclo de encontros serão recebidos profissionais de diversos segmentos da sociedade para fortalecer a comunidade escolar na compreensão dessa nova realidade e na preparação para os desafios e oportunidades que ainda estão por vir. O projeto é chamado de “Ciclo dos Cs”, cujo significado é “Cuidado, Carinho e Conscientização”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.