Marista Glória homenageia centenário da escritora Tatiana Belinky

Marista Glória homenageia centenário da escritora Tatiana Belinky

Colégio Marista Glória

11 de dezembro de 2019 | 16h37

 Autora é uma das mais respeitadas da literatura infantojuvenil brasileira

Uma das mais importantes e respeitadas escritoras da literatura infantojuvenil brasileira, Tatiana Belinky foi homenageada na festa de encerramento da Educação Infantil do Marista Glória, no sábado, 07 de dezembro.

Toda a obra da escritora, cujo centenário é celebrado este ano, foi trabalhada com as crianças e cada turma escolheu um livro para representar, por meio de apresentações de dança ou encenação teatral. Foi produzido também um bolo em formato de livros e o hall do Salão Nobre foi ambientado como se fosse a casa da escritora.

Estiveram presentes na atividade a nora e três bisnetas da escritora. Moradoras de Campo Mourão, no Paraná, estiveram em São Paulo para participar da atividade. Além da presença, doaram alguns livros da autora para o acervo do colégio.

“Elas ficaram muito emocionadas e agradeceram a homenagem. Também ficaram impressionadas, pois temos alguns livros em nossa biblioteca que nem a família possui”, revela a coordenadora pedagógica da Educação Infantil e Ensino Fundamental – Anos Iniciais do Marista Glória, Claudia Ayres Paschoalin. 

A escritora

Nascida há 100 anos, em março de 1919, em São Petersburgo (que, à época, se chamava Petrogrado), na Rússia, a autora começou a trabalhar com adaptações, traduções e peças infantis para a prefeitura de São Paulo em 1948. Tatiana escreveu mais de 270 livros, entre eles Coral dos Bichos, O Grande Rabanete, O Livro das Tatianices e Transplante de Menina. No campo da tradução, destaque para O Cão Fantasma, de Ivan Turguêniev, e Histórias de Bulka, de Lev Tolstoi. Entre as adaptações, Simbad e Os Marujos e Aladim e a Lâmpada Maravilhosa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: