Estudantes se unem para doar lenços a pacientes em tratamento contra o câncer

Estudantes se unem para doar lenços a pacientes em tratamento contra o câncer

Colégio Marista Glória

28 de outubro de 2019 | 13h37

Alunos do Colégio Marista Glória confeccionam as peças e ainda pretendem fazer a doação de cabelos para a composição de perucas

Solidariedade e respeito ao próximo. Os alunos do 4º ano do Colégio Marista Glória se uniram em um projeto para se solidarizar com pacientes que estão em tratamento contra o câncer.

Ao saberem que um aluno do Colégio tinha doado o cabelo para confecção de perucas para pessoas que sofrem a perda devido aos efeitos da quimioterapia, os estudantes sugeriram para a docente Rosemeire Mello fazer um projeto de empatia e afeto, denominado “Menos cabelo, mais felicidade”.

O primeiro passo foi fazer pesquisas para descobrir o motivo das pessoas que estão em tratamento da doença perderem os cabelos. Posteriormente, decidiram produzir lenços para doar a um hospital ou uma instituição que acolhe os pacientes. Para conseguir dinheiro para comprar os tecidos, durante quatro dias, venderam bolos no intervalo das aulas. Confeccionaram e pintaram os lenços com a ajuda de familiares. Pretendem também, com esse projeto, realizar a doação de cabelos para a confecção de perucas.

“A turma gostaria de ajudar as pessoas com câncer a sentir mais felicidade, aumentando sua autoestima com a doação dos lenços e dos cabelos. Uma demonstração, sem qualquer interesse, de respeito e carinho pelo próximo”, ressalta a professora Rosemeire Mello.

Essa atividade faz parte do Projeto de Intervenção Social (PIS) do Colégio, uma prática pedagógica Marista que promove o diálogo, o protagonismo, permitindo entender as necessidades humanas e sociais, questioná-las e traçar caminhos para enfrentar as problematizações contemporâneas.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) em seu estudo “Estimativa 2018 de Incidência de Câncer no Brasil” apontou o registro de 600 mil novos casos da doença por ano em 2018 e em 2019, em todo o País.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: