Estudantes fazem mobilização de doadores de sangue em prol da campanha Junho Vermelho

Estudantes fazem mobilização de doadores de sangue em prol da campanha Junho Vermelho

Colégio Marista Glória

19 de junho de 2019 | 19h07

Para reparar queda nos estoques dos hemocentros de São Paulo, alunos do Colégio Marista Glória buscaram por novos voluntários para o ato que salva vidas no Dia Mundial do Doador de Sangue

 

Lançada em São Paulo no último dia 1º, a campanha Junho Vermelho ganhou status de lei estadual em 15 de março de 2017 (nº 16.386) e passou a ser promovida em todo o país este ano para destacar a importância da doação de sangue nesse momento do ano em que se costuma registrar quedas significativas nos estoques dos hemocentros públicos e privados. Como forma de incentivo à solidariedade para este ato que salva vidas, alunos do Colégio Marista Glória realizaram uma mobilização voluntária durante a semana do Dia Mundial do Doador de Sangue, que foi comemorado no último dia 14 de junho. Segundo informações dos hemocentros parceiros da escola, uma única doação pode ajudar até quatro pessoas e a ação dos estudantes ajudou a salvar mais de mil vidas.

 

A mobilização dos estudantes do Glória, que em breve poderão ser doadores de sangue, visa ajudar na rotina dos hospitais que atendem desde vítimas de acidentes de trânsito e da violência urbana até os portadores de doenças que requerem transfusões sanguíneas, como câncer, anemia falciforme e outras patologias, incluindo os procedimentos cirúrgicos de alta complexidade, como transplantes e cirurgias cardíacas. “Meus filhos me convenceram a doar sangue dizendo que era rápido e que esta ação fazia parte de uma gincana da escola. Mas, independentemente da pontuação que eles alcançaram nessa tarefa, também acho muito importante dar o exemplo para eles que temos que ser sempre solidários com quem mais precisa”, conta Camila Dias dos Santos (foto acima), técnica em nutrição e mãe dos alunos Pedro, de 10 anos, e Rafael, de 5.

 

Para estar apto a doar sangue é preciso estar atento a alguns requisitos importantes e passar por uma triagem. “Os voluntários devem apresentar seu RG, CNH, entre outros documentos com foto. Também é preciso ter idade entre 18 e 69 anos de idade, pesar mais de 50 kg e ter boa saúde, além de não estar em jejum, dormir ao menos 6 horas antes da doação, não ingerir bebidas alcoólicas no período anterior de 12 horas”, destaca Sandra de Paula, enfermeira coordenadora da captação de doadores do Banco de Sangue de São Paulo. “Iniciamos o mês de junho com 12% abaixo do ideal e se continuar assim a situação dos nossos estoques poderá piorar ainda mais se os doadores não comparecerem”, ela reforça. Os interessados em colaborar com 16 ou 17 anos, podem doar acompanhado dos pais ou responsáveis e levando documento.

 

“Cumprimos nossa meta para este ano quase 300 doações, graças a uma bela articulação de familiares de alunos do 2º ano do Ensino Fundamental até o Ensino Médio e apoio de amigos que abraçaram essa campanha. Algumas turmas inclusive conseguiram superar nossas expectativas”, comemora Wagner Botelho, coordenador do Núcleo de Pastoral. “Todos os anos conquistamos novos voluntários para esta iniciativa que faz parte da programação oficial do Festival Champagnat, um tradicional evento dos Irmãos Maristas que também promovem outras ações sociais com ênfase na fraternidade e na solidariedade. Nossa campanha para doação de livros infantis, por exemplo, também foi um sucesso e totalizou 847 obras, além de arrecadar dezenas de exemplares voltados para outras faixas etárias”, explica.

 

Além de arrecadar bolsas de sangue, a escola no bairro Cambuci também promoveu diversas vivências solidárias e tarefas de arrecadação de livros infantis, produtos alimentícios, de limpeza e de higiene pessoal para cerca de 300 crianças e adolescentes assistidas por cinco ONGs parceiras do entorno: Associação de Amigos do Autista (AMA), Centro de Educação Infantil (CEI) Quintal da Criança, Centro de Convivência Início de Luz, Centro Comunitário da Criança e do Adolescente (CCA) Esperança e  Instituição Beneficente Nosso Lar (IBNL).

 

 

Conheça abaixo algumas indicações de instituições de coleta que recebem doações de sangue no entorno do Colégio Marista Glória:

 

COLSAN SOCIEDADE BENEFICENTE COLETA SANGUE

11 postos de coleta: www.colsan.org.br. Tel.: (11) 5055-1250

 

FUNDAÇÃO PRÓ SANGUE – HEMOCENTRO DE SÃO PAULO

Posto Clínicas: Avenida Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155, 1º andar – Cerqueira César

Posto da Avenida Dr. Dante Pazzanese, 500 – Ibirapuera. Tel.: 0800 55 0300

 

BANCO DE SANGUE DE SÃO PAULO

Hospital Professor Edmundo Vasconcelos. Rua Borges Lagoa, 1450 – Vila Clementino. Tel.: (11) 5080-4435

Unidade Brigadeiro: Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 2533. Tel.: (11) 3373-2050

 

BANCO DE SANGUE PAULISTA

Unidade Central – Vila Nova Conceição: Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 46 –  5º, 14º, e 15º Andares – Vila Nova Conceição. Tel.: (11) 3048-8969

 

INSTITUTO HOSPITAL OSWALDO CRUZ – Banco de sangue hemoterapia

Rua Treze de Maio, 1815 e Rua João Julião, 331 – Paraíso. Tel.: 3286-7372

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: