Estudantes do Glória se unem para adquirir painéis solares para instituição social

Estudantes do Glória se unem para adquirir painéis solares para instituição social

Colégio Marista Glória

15 de setembro de 2021 | 12h24

Marista Escola Social Robru será uma instituição beneficiada com uma iniciativa

Os alunos do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Marista Glória se uniram em um projeto de conscientização para que o Marista Escola Social Robru, localizado no Jardim Robru, um bairro do distrito da Vila Curuçá, na capital paulista, passe a utilizar painéis solares. Uma “vaquinha” para ajudar na compra dos painéis é também uma das possibilidades.

Os painéis solares são um equipamento utilizado para realizar a conversão da luz do sol em energia elétrica por meio da captação de raios solares. O investimento na instalação de painéis fotovoltaicos podem gerar uma economia de 95% ao final do mês, principalmente com o acionamento da bandeira vermelha no patamar 2 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), devido à crise hídrica que assola o país.

Por meio da disciplina Itinerários Formativos de Ciências da Natureza, sob supervisão da professora Lhoyane de Moraes Oliveira e Oliveira Figueiredo, os alunos configurados para estudar sobre a solução para problemas energéticos. A discussão está embasada nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), um apelo global à ação para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e de prosperidade.

Durante as aulas, primeiros, os alunos propuseram a utilização dos painéis solares para o próprio Colégio. Porém, compreenderam que para a realidade cotidiana de um espaço com mais de 1,5 mil pessoas, poderia não ser viável.

“Ao estudar o tema com mais profundidade, uma turma avaliou que faria mais sentido ajudar uma instituição voltada ao ensino de educação gratuita a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. A economia gerada com a utilização dos painéis, contribuirá para o melhor funcionamento do Marista Escola Social Robru ”, esclarece a professora Lhoyane.

Para compreender melhor o funcionamento dos painéis, os alunos estão produzindo uma miniestação de carregamento de celulares.

“Além disso, estão peregrinando pelo Colégio falando em todas as séries sobre o projeto. Estão tentando conscientizar os colegas e também a mantenedora da Escola a investir em uma energia considerada mais sustentável. Afinal, o objetivo é mudar o mundo para melhor ”, completa a docente.

De acordo com a Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), o Brasil possui atualmente mais de 518 mil sistemas solares fotovoltaicos. A vida útil chega a cerca de 25 a 30 anos. O retorno financeiro é de 15% a 30% ao ano, segundo especialistas.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.