Campanha Solidária do Colégio Marista Glória arrecada brinquedos

Campanha Solidária do Colégio Marista Glória arrecada brinquedos

Colégio Marista Glória

14 Setembro 2016 | 10h20

Até o dia 5 de outubro, o Colégio Marista Glória arrecadará doações para a campanha do brinquedo. Durante esse período, uma estante ficará disponível no piso térreo do Colégio para que as famílias e alunos preencham com brinquedos. As doações precisam estar em bom estado para uso e, após passar por um Ateliê, serão entregues às crianças de até 11 anos das instituições parceiras do Colégio.

CampanhadoBrinquedo_Glória
A assistente psicopedagógica da Educação Infantil e do Ensino Fundamental 1, Regina Pinheiro, explica que todos os brinquedos doados são levados para o Ateliê do Brinquedo. As doações passam pelas mãos dos alunos voluntários que limpam, penteiam, lavam as roupinhas quando necessário e até consertam algo que tenha possibilidade de ser arrumado por eles. Feito isso, outra equipe de alunos embrulha todas as doações em embalagens de presente.

 

“Essa ação oportuniza aos nossos alunos colocarem um pouco de carinho em cada peça doada. Por isso a ideia do Ateliê. Desperta nas crianças o prazer de presentear com cuidado e solidariedade. Elas aprendem a vivenciar sentimentos  que transformam o coração de cada um e sentem-se “grandes” internamente, a ponto de expressarem suas sensações enquanto trabalham no projeto. É gratificante!”, declara Regina.

 

A entrega dos brinquedos será feita na semana da criança, entre 9 e 12 de outubro, pelas mães da Equipe de Solidariedade do Marista Glória e que acompanham as casas, semanalmente. A campanha é realizada desde 2001 pela Pastoral e Equipe de Solidariedade do Colégio Marista Glória, que fazem um trabalho constante de conscientização sobre a importância da participação em movimentos solidários, transformando-se em pontes entre as famílias  que se unem para colaborar.

 

“Nosso propósito com todos os projetos desenvolvidos na escola é sempre incentivar a consciência solidária e a cidadania em nossas crianças e jovens. Somos privilegiados por cultivarmos esses princípios e valores em nosso dia a dia”, explica Regina Pinheiro.