Alunos e comunidade de pais do Colégio Marista Glória se mobilizam em campanha para doação de água mineral

Alunos e comunidade de pais do Colégio Marista Glória se mobilizam em campanha para doação de água mineral

Colégio Marista Glória

15 de fevereiro de 2019 | 19h24

Sensibilizada com os problemas enfrentados pelas famílias vítimas da tragédia em Brumadinho, iniciativa da escola visa ajudar os afetados pelo rompimento da barragem e as equipes de resgate

Diante do momento de calamidade pública e extremo sofrimento instalado na cidade de Brumadinho, após o novo rompimento de uma barragem de mineração em Minas Gerais, os alunos e a comunidade de pais do Colégio Marista Glória estão mobilizados na ajuda das famílias afetadas pela tragédia. A escola começou na primeira semana de fevereiro uma campanha solidária para arrecadação de água potável para enviar às vítimas e as equipes de resgate.

Apesar da Defesa Civil ter anunciado que as doações de itens de higiene pessoal e alimentos não perecíveis já são suficientes, sabe-se que não há água de qualidade o suficiente na região para que os sobreviventes possam beber ou preparar alimentos. “Existem notícias que dizem que as doações para Brumadinho não são mais necessárias. Mas, ao mesmo tempo, também acompanhamos o avanço da contaminação dos rios da região. Sabemos que a água é essencial para a vida”, explica Márcia Querino, professora e organizadora dessa iniciativa humanitária.

Ela lembra que o Marista Glória tem tradição em ajudar os mais necessitados e sempre organiza grandes campanhas anuais para doação de agasalhos, brinquedos e alimentos. A expectativa dessa vez é que cada um dos 1.300 alunos possa contribuir com ao menos 1 litro água mineral até o próximo dia 29. Todos os donativos recolhidos pelo colégio serão encaminhados para um ponto de coleta em São Paulo que fará a entrega para os moradores e bombeiros no local deste desastre ambiental.

Nesta semana em que a escola completou 117 anos de fundação os estudantes do “Terceirão” (apelido dado para 3ª série do Ensino Médio do Glória) se organizaram para comprar e carregar dezenas de fardos com garrafas de água para encher, várias vezes, o carrinho de coleta da campanha. “Temos certeza que esse gesto solidário reforça, em nossas crianças e jovens, um olhar cuidadoso para as necessidades do outro”, destaca Querino. Até o momento desta publicação, a população de Brumadinho registrava 166 mortes desde o último dia 25 de janeiro. As buscas por 147 desaparecidos ainda continuam na área atingida. Outras centenas de pessoas já foram resgatadas da lama.

Tendências: