Alunos do Glória criam audiolivro sobre folclore para pessoas com deficiência visual

Alunos do Glória criam audiolivro sobre folclore para pessoas com deficiência visual

Colégio Marista Glória

18 de fevereiro de 2021 | 15h46

Estudantes produziram a história e narraram o texto

Alunos do Infantil 5 do Colégio Marista Glória criaram um audiolivro com o objetivo de destiná-lo para crianças com deficiência visual (cegas e de baixa visão).

O texto, escrito por alunos de cinco anos de idade, trata sobre uma aventura com algumas das lendas do folclore brasileiro.

A docente Catarina Manoela Ferreti Bueno, responsável pelo projeto, explica que esse modelo leva o conhecimento para os deficientes visuais, pois a leitura “pelos olhos” deixa de ser exigida para a absorção da informação.

“O conteúdo propõe uma versão próxima da leitura das palavras, obedecendo regras de impostação de voz e pontuação, para que o ouvinte solte a imaginação e construa os sentidos do que está sendo lido”, explica a professora.

Originalmente chamados de audiobook (em inglês), essa mídia foi criada entre as décadas de 1980 e 1990, e oferece conteúdos narrados por contadores de história profissionais que, no início, só eram encontrados em CDs e fita cassetes. Além dos narradores, audiolivros mais “completos” contam com diversas vozes diferentes, efeitos e trilha sonora.

O livro “O Encontro das Lendas” pode ser ouvido no link https://read.bookcreator.com/library/-MGOZkTNqWnBeOkXkayi

Livro em braille em impressora 3D

Em 2019, a professora, orientando os alunos do Infantil 4, foi também a motivadora da criação de uma história transformada em um livro em braille, que foi produzido em uma impressora 3D.

Os alunos criaram, com a colaboração da Tecnologia Educacional do Colégio, um livro em braille sobre um menino chamado João que vai passear no parque, encontra um cachorro com a pata quebrada e o ajuda. O material foi oferecido para a prima deficiente visual de um dos alunos da turma, que vive no estado do Sergipe (SE).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.