Alunos do Glória comemoram Dia dos Pais sem tecnologia

Alunos do Glória comemoram Dia dos Pais sem tecnologia

Colégio Marista Glória

19 Agosto 2016 | 16h50

Um dia dos pais sem tecnologia. Este foi o pedido dos alunos do Colégio Marista Nossa Senhora da Glória aos seus pais para comemorar o segundo domingo de agosto. Para isso, eles confeccionaram um presente especial: uma caixa toda decorada com fotos e, dentro, brinquedos que deixam os tablets e celulares bem longe. Dominó, Resta Um, Pega Varetas, peteca e bolinhas de gude, formaram um convite para os pais reforçarem sua presença ao lados dos filhos.

Dia_dos_Pais_Glória (3)
A professora da Educação Infantil, Adelaide Varano, conta que na tampa da caixa estavam as regras, também definidas pelas crianças: “desligue o celular e fique longe de eletrônicos; preste atenção em mim e no jogo; não chame a mamãe, você tem que jogar; jogue com vontade; abrace sua filha; fique o tempo todo comigo; não deixe para depois nosso encontro; não jogue por obrigação e sim por amor”.

A entrega do presente foi feita numa confraternização especial organizada pelo Colégio, que serviu de “aquecimento” para o uso da caixa. Um grande circuito foi montado no pátio do Colégio, e pais e filhos puderam brincar juntos. Confeccionar aviões de papel, jogar boliche, andar de perna de pau e pé de lata foram algumas das atividades propostas para serem feitas em conjunto.
Dia_dos_Pais_Glória (4)

Para a aluna Beatriz Albuquerque, do 1º ano do Ensino Fundamental, o mais legal foi decorar a caixa e montar os jogos. “Eu fiquei muito ansiosa para entregar o presente ao meu pai. A cada dia, eu ia ficando mais emocionada, só fui me acalmar quando cheguei no Marista, no dia da festa, para entregar o presente. Gostei de cantar para ele e entregar a caixa porque ele ia se lembrar de quando era criança. A bolinha de gude, o pião, o dominó, tudo era da infância dele. Sabia que ele ia ficar muito feliz de lembrar, e ficou mesmo. Ele me contou que brincava com os irmãos dele com esses jogos, até me ensinou, no dia da festa, uma brincadeira diferente com o dominó, chamava “Escondidinho” e ele gostava de brincar disso com seus irmãos”, conta a menina.

Mais conteúdo sobre:

Dia dos PaisColégio Marista Glória