Muito além da aula em casa

Muito além da aula em casa

Alunos do Magno recebem óculos de realidade virtual para uma experiência multissensorial que une inovação e história do Brasil

COLÉGIO MAGNO/MÁGICO DE OZ

28 de maio de 2020 | 14h18

Um desafio foi lançado! Os alunos do 5º Ano do Colégio Magno foram convidados para uma missão cheia de aventura e inovação. Em casa, receberam óculos de realidade virtual para a missão M1-5, que envolve uma série de desafios nas mais diversas áreas do conhecimento, com uma atenção especial para a história do Brasil. Ao todo, cinco turmas participaram da fase piloto do projeto.

Combinando o uso da realidade virtual e do Google Classroom, com pesquisas no material didático e na Internet, as crianças usaram os óculos e foram levadas ao espaço, a bordo de uma nave espacial. A cada parada, com o desafio de reabastecer o veículo, elas precisaram mostrar concentração, raciocínio lógico e conhecimento, em um enredo inédito, desenvolvido por nossa equipe pedagógica e pela Virtual Immersive School, startup parceira na iniciativa.

Entre os temas abordados, as crianças observaram os marcos de memória dos povos que constituíram o Brasil; a diversidade cultural; compreenderam os aspectos positivos e negativos das grandes cidades; e ainda puderam desenvolver competências como pensamento crítico e cooperação, sempre com a orientação das professoras.

“A atividade foi sensacional. Nós ficamos encantados com o envolvimento da Bia. Ela veio nos mostrar sobre a questão do café, dos escravos. Foi fantástico”, contou Andrea Perez, mão da aluna Beatriz Perez, do 5º Ano D.

O recurso de realidade virtual é usado pelas crianças do Colégio Magno desde o ano passado e é fruto de uma parceria com a VIS, desenvolvida por alunos do programa Stanford Ignite, da Universidade de Stanford. A plataforma permite que os estudantes participem de experiências educativas digitais, a partir do uso de óculos de realidade virtual, em aulas criadas pelos próprios professores.

Os alunos que estavam fora da cidade de São Paulo também embarcaram na aventura e participaram da atividade por meio de um aplicativo desenvolvido para computador, numa experiência semelhante ao uso do Google Street View.

Segundo a head de Inovação do Colégio Magno/Mágico de Oz, Piti Azevedo, o uso da realidade virtual como metodologia ativa, potencializa e torna ainda mais dinâmico o processo de ensino-aprendizagem.

“Nós engajamos alunos e professores em todas as fases desse projeto e dedicamos horas de estudo e planejamento, para que essa experiência de aprendizagem fosse multisensorial, sempre com o foco no conhecimento”, explicou.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: