A Olimpíada passa por aqui

A Olimpíada passa por aqui

Magno está bem representado nos Jogos do Rio 2016

COLÉGIO MAGNO/MÁGICO DE OZ

17 Agosto 2016 | 14h56

Quadras poliesportivas, sala de esgrima, judô, ballet, xadrez, parede de escalada, piscinas e um fitness bem equipado mostram que não é só em época de olimpíada que os alunos do Magno respiram esporte. Por aqui, os desafios fazem parte do dia a dia do Full-Time e dos alunos que praticam as modalidades como curso extracurricular.

????????????????????????????????????

Arthur Zanetti, que é prata no Rio,  deu um verdadeiro show nas argolas em uma exibição de tirar o fôlego de pais e alunos do Magno!

São mais de 30 opções para experimentar e se movimentar – muitas delas olímpicas –, como esgrima, tênis de mesa, natação e até escalada esportiva, além de skate e surfe, que já estão confirmadas para a Olimpíada de Tóquio, em 2020. Nas aulas de Educação Física, os alunos também são apresentados a diferentes modalidades, como slackline, triathlon, pscicobloc (escalada na piscina) e até adaptações de golfe e tênis.

Por trás de cada prática, há segurança e profissionais altamente qualificados, como o professor de Esgrima Regis Trois de Avila, que é o árbitro número um do mundo na modalidade e está participando dos jogos no Rio 2016; a também árbitra nas olimpíadas, a professora de Ginástica Artística, Denise Lima; o preparador físico da seleção brasileira feminina de vôlei, José Elias de Proença, que assina o projeto de esportes da Escola e faz parte da equipe de Educação Física desde os anos 1970; e o professor de judô da Escola, Max Trombini, que acompanha atletas do judô da seleção brasileira com o treinamento de chão.

DSCN9281

 

IMG_5470

IMG_0599

IMG_0380

Orgulho de ser Magno

Durante os jogos das meninas do vôlei, muitos ex-alunos lembram com carinho de um querido professor da Escola, que, desde aquela época, já inovava nos treinos do Magno: o técnico da seleção brasileira José Roberto Guimarães.

Quem também passou por aqui como aluno e professor é o preparador físico Rafael Rocamora, que faz parte da equipe do nadador Tiago Pereira.

Estrelas na Escola

Como já é tradição, a cada edição das Olimpíadas do Magno, um atleta é convidado para acender a pira olímpica e conversar com os alunos. Na edição 2016, Ana Marcela Cunha, do nado aberto, ficou impressionada com a infraestrutura e as oportunidades oferecidas pelo Magno aos alunos. Quem também esteve por aqui foi a nadadora Poliana Okimoto, que garantiu o bronze na maratona feminina aquática.

Os irmãos Hypolito, Diego (medalha de prata) e Daniele, que brilham na ginástica, também passaram por aqui em uma abertura, assim como Arthur Zanetti, que é prata no Rio e deu um verdadeiro show nas argolas em uma exibição de tirar o fôlego de pais e alunos do Magno!