Tutoria: Reflexões a respeito das questões da vida e do mundo

Tutoria: Reflexões a respeito das questões da vida e do mundo

Colégio Graphein

19 Novembro 2015 | 13h55

Para o Colégio Graphein a essência da educação é o crescimento pessoal, o desenvolvimento máximo das próprias possibilidades: o educar-se, a metacognição (conhecer o próprio ato de conhecer).  É uma tarefa que necessita de ajuda. Para essa ajuda, a TUTORIA exerce papel essencial no cotidiano dos educandos.

A TUTORIA bem exercida é a mais eficaz ajuda para a formação completa da personalidade: intelectual, moral e afetiva dos alunos. Através da comunicação que se estabelece entre equipe técnica, professor e aluno, ambos se conhecem melhor e podem dialogar com liberdade para descobrir o projeto de vida mais adequado para o estudante em processo de formação: projeto pessoal e profissional.

Mas quem é o tutor? No Colégio Graphein, ele é alguém que constrói juntamente com o aluno seu crescimento em todas as dimensões.  Através de sua atuação o tutor tem uma relação mais próxima e diária com o aluno e o encaminha para seu crescimento integral. Vamos usar uma metáfora para ilustrar o papel do tutor. Em espanhol, a palavra “tutor” também significa a estaca que se crava junto ao arbusto ou árvore recém plantados, para ajudá-los a crescer retos, e a ganhar altura.  Faz sentido?

Destacamos aqui alguns objetivos do trabalho com a TUTORIA realizado pelo Colégio Graphein:

  • harmonizar ensino (trabalho acadêmico, aquisição conceitual) e  orientação (formação global);
  • propiciar o desenvolvimento da metacognição;
  • dialogar sobre hábitos cotidianos importantes (esforço, organização, motivação, dedicação, etc)
  • propiciar o desenvolvimento de reflexões críticas a respeito das questões da vida e do mundo.

 

Os alunos são únicos, singulares. Têm temperamentos diferentes e vivem em circunstâncias diversas (familiares, sociais e culturais). O tutor observa o educando nas situações típicas da vida escolar: nas aulas, nos recreios, nas excursões, nos eventos escolares, em todos os momentos possíveis e dessa forma os vai conhecendo e otimizando as possibilidades de trabalho.

 

No mundo globalizado de hoje, um dos indicadores de qualidade de um processo educativo, – é a prática da TUTORIA, com tutores realmente bem preparados, e exercendo a função em todas as suas dimensões,  para que educandos e famílias possam ter a segurança de que o processo educativo vem sendo realizado de forma singularizada e com vistas à formação global desse indivíduo.

Cátia Alves

Coord. Pedagógica

Equipe Graphein

CIMG5385 DSC00896