HALLOWEEN

HALLOWEEN

Colégio Graphein

10 Novembro 2015 | 15h31

No dia 30 de outubro, o Colégio Graphein celebrou o Halloween com seus estudantes. As crianças e adolescentes vestiram fantasias de bruxas, vampiros, fantasmas e outros monstros para comemorar.

Comemorar exatamente o quê?

Em que situação o Halloween pode ser utilizado dentro da escola? Até que ponto é interessante para as crianças participarem de uma manifestação cultural estrangeira?

A festa, que é popular nos Estados Unidos, chegou às crianças brasileiras por meio da mídia televisiva. Os fãs dos Padrinhos Mágicos, LazyTownMonster High, Ben 10 e Barney cultivam a brincadeira do doces ou travessuras?

Em que situação o Halloween pode ser utilizado dentro da escola? Até que ponto é interessante para as crianças participarem de uma manifestação cultural estrangeira?

Durante o mês de outubro, em nossas aulas de Língua Estrangeira trabalhamos os aspectos culturais do Halloween, como a festa surgiu e o contextualizamos para que os estudantes, de acordo com suas particularidades, criassem uma identificação com a data. Acreditamos que só de forma singularizada a comemoração faz sentido!

Por meio de estratégias de multimídia, fotos, vídeos, pesquisas e outros materiais didáticos, resgatamos a história original da data e de seus personagens. As crianças descobriram que a origem do Halloween remete a uma data especial nos Estados Unidos e pode ser muito mais divertida do que assustadora.

O tema foi abordado como um fato folclórico, levando em consideração o modo que um povo tem para compreender o mundo em que vive e assim se fez muito viva na rotina dos corredores e salas de aula do Colégio Graphein. Adolescentes surpreenderam a todos com a aquisição de vocabulários específicos para essa data.

E foi no dia 30/11 que recebemos nossos alunos transformados em seres horripilantes (mas muito simpáticos) que aproveitaram a noite! Músicas, danças, clips, brincadeiras, pizzas, guloseimas e uma super decoração fez parte do cenário.

De acordo com o Projeto Singular de cada aluno, a equipe pedagógica do Graphein foi cuidadosa e respeitou as singularidades de cada grupo/classe. Pensamos nas propostas lúdicas de acordo com a habilidade física e emocional de cada sala, visando sempre o caráter pedagógico do evento.

O mistério que envolve essa época do Halloween oportunizou a trabalhar e a instigar a curiosidade, bem como a criatividade de nossos pequenos. Já nossos adolescentes priorizaram o aprendizado na área da linguagem e a integração com os amigos.

Pudemos desenvolver ainda mais o gosto por essa cultura que faz parte de outros países, e que se mostra cada vez mais presentes para todos nós.

Confira os grandes momentos!

Camila D’Amico

Coord. Pedagógica

Equipe Graphein

 

IMG_8811 IMG_8795