A tradicional Festa Junina
As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

A tradicional Festa Junina

Escola Vilaplay

13 Junho 2016 | 12h25

A Festa Junina é uma das festas mais tradicionais de nossa cultura. Regadas a muito quentão, milho verde, danças, brincadeiras, elas fazem a alegria de todos!

O importante é entender suas origens, suas danças, seus costumes! Isso é o que fazemos em nossa escola. De nada vale a criança aprender os passos da dança sem saber seu significado.

Separamos alguns conteúdos da internet com intuito de familiarizá-los:

História: As festas juninas são mais antigas do que todo mundo pensa! Elas surgiram na Antiga Europa, há centenas de anos. As festas aconteciam durante o solstício de verão para comemorar o início da colheita — por isso tanta comida e bebida — e eram organizadas pelos celtas, egípcios e outros povos. Uma das deusas homenageadas era Juno, esposa de Júpiter, e as festas eram chamadas de “Junônias”

O catolicismo passou a ganhar cada vez mais fiéis na Europa e a data coincidia com o nascimento de João Batista, primo de Jesus Cristo. A Igreja Católica cristianizou a data, instituindo homenagens aos três santos do mês. As comemorações passaram a se chamar de “Joaninas” (por causa de João) e os primeiros países a comemorá-las foram Portugal, Itália, França e Espanha — e até hoje elas são muito importantes no Norte da Europa.

Não se sabe se o nome “junina” é uma adaptação que veio com o tempo ou se mudou porque a festa é comemorada no mês de junho. Cada um dos países deu o seu toque à festa que conhecemos hoje em dia. Da França veio a dança, de Portugal e da Espanha veio a dança com fitas, entre outras culturas que foram se popularizando.

 

A Quadrilha é o ponto alto que não pode faltar em uma festa junina. Seu nome vem de uma dança de salão francesa para quatro pares, a “quadrille”. Com a vinda para o Brasil, a quadrilha se popularizou e se fundiu com as danças brasileiras que já existiam por aqui, dando origem ao que conhecemos hoje em dia.

 

Festa na escola

Festa na escola

 

Comes e bebes: Milho cozido (ou assado), pipoca, bolo de fubá, milho, maçã do amor, pé-de-moleque, vinho quente, quentão, arroz-doce, canjica e muitas outras delícias (normalmente quentinhas, porque essa época do ano é bem fria) são a alma da festa.

Reparou que muitas comidas são derivadas do milho verde? Isso se deve ao fato de que junho é a época propícia para a colheita do alimento e essa tradição está presente nas festas juninas desde que ela chegou ao Brasil. Outros grãos — como o amendoim — e raízes — como a mandioca — também marcam presença nas comemorações de junho.

Fonte: http://www.megacurioso.com.br