Brincadeira é coisa séria! – parte 1

Brincadeira é coisa séria! – parte 1

Fernanda Tambelini

18 Outubro 2018 | 14h51

A Escola Projeto Vida acompanha há anos as pesquisas sobre a infância e compreende a importância da brincadeira enquanto modo de convívio, descoberta, prazer e, acima de tudo, como uma ferramenta importante para aprender!

Mas você sabe por que a criança brinca? E por que a escola acredita nas brincadeiras como ferramenta para crescer? Nos posts de hoje e de amanhã, compartilhamos algumas ideias e materiais inspiradores sobre crianças que brincam e aprendem. Muitas dessas brincadeiras e investigações acontecem aqui na Projeto Vida e outras são nossas fontes inspiradoras.

Por que a criança brinca?

A criança, dotada de desejos e sentimentos, inserida e produtora de cultura, utiliza a brincadeira para explorar e compreender o mundo que a cerca. É brincando que ela revela como lida com o mundo ao seu redor, incluindo as relações com os adultos e outras crianças.

Enquanto brinca, a criança imprime sua marca e aprende muito:

Conhece regras e a expectativa do outro em relação ao seu cumprimento;
Amplia suas possibilidades de ação;
Experimenta decidir, escolher e comandar;
Relaciona-se com outras pessoas;
Desenvolve capacidade de imitação, atenção, memória, imaginação, socialização e integração.

Ou seja, cresce emocional e socialmente!
Veja aqui algumas dicas interessantes de brincadeiras ao ar livre.

Todo mundo nasce sabendo brincar?

Os seres humanos não nascem sabendo brincar! Como toda habilidade, é aprendida a partir da relação afetuosa com as pessoas mais experientes ao seu redor. Habilidade valiosa, fundamental para o desenvolvimento saudável de muitos outros aspectos da vida.

A criança precisa brincar! Por meio da brincadeira, ela percebe, exercita e reconhece seu jeito de ser, agir, sentir e pensar. Estimula os sentidos, adquire domínio sobre o corpo, desenvolve oralidade, coordena pensamento e ações, reelabora hipóteses e informações.

Aliás. Adulto também pode brincar! Convidamos a brincar de Yapo, com o coletivo Palavra Cantada! Vamos lá? Pais e filhos juntos! Inspire-se com esse vídeo.