As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“O aumento da carga horária do Ensino Médio foi um ponto positivo da reforma”

Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação, analisa a Medida Provisória que modifica a última etapa da Educação Básica

Todos Pela Educação

16 Dezembro 2016 | 14h45

Nesta semana, a Câmara dos Deputados concluiu a votação da Medida Provisória que reformula o Ensino Médio brasileiro. Com a inclusão da obrigatoriedade das disciplinas de educação física, arte, sociologia e filosofia na Base Nacional Comum, o texto segue para a discussão no Senado.

O De Olho na Educação, da Rádio Estadão, do dia 15 de dezembro contou com a participação da Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação. Ela fez um balanço sobre os principais pontos do projeto e indicou que o aumento da carga horária da etapa — de 800 horas por ano para 1000 — deixou o Brasil mais próximo da média de horas de países com bons índices educacionais.

Confira aqui o áudio dessa entrevista.