As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“A Base Nacional alavancará mudanças muito importantes para a qualidade e a equidade na Educação do Brasil”

Alice Ribeiro, secretária-executiva do Movimento pela Base, explica o caminho que o documento percorrerá até chegar nas salas de aula

Todos Pela Educação

13 Outubro 2016 | 14h23

Está em discussão no Brasil a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), documento que estabelece os direitos de aprendizagem comuns a todos os alunos da Educação Básica. O texto já foi submetido à análise da sociedade civil para que diferentes grupos pudessem dar suas contribuições.

O Ministério da Educação (MEC) deverá entregar uma versão que contemple todo o debate para o Conselho Nacional de Educação, que analisará a BNCC e decidirá sobre a sua homologação. O MEC prometeu finalizar o documento referente à Educação Infantil e ao Ensino Fundamental neste ano, e do Ensino Médio em meados do ano que vem. O prazo estabelecido pelo Plano Nacional de Educação para a elaboração da Base era junho de 2016.

O De Olho na Educação, da Rádio Estadão, do dia 11 de outubro contou com a presença da Alice Ribeiro, secretária-executiva do Movimento pela Base, para comentar sobre esse processo. “A discussão da Base está sendo construída em um processo colaborativo e democrático. O documento traz o que é esperado que os alunos aprendam, mas as redes seguem com autonomia”, afirma.

Confira aqui o áudio dessa entrevista.