As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“O reequilíbrio das contas públicas não pode ser feito às custas da Educação pois o nosso futuro depende dela”

Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação, explica a posição do movimento em relação à PEC do teto dos gastos

Todos Pela Educação

09 Novembro 2016 | 08h15

O governo Temer, com a justificativa de corrigir o rombo financeiro nos cofres da União, tenta desde o início de seu mandato aprovar no Congresso Nacional uma Proposta de Emenda Constitucional que estabelece um teto para os gastos públicos, que terá como limite as despesas do ano anterior corrigidas pela inflação.

O De Olho na Educação, da Rádio Estadão, contou com a participação da Priscila Cruz, presidente-executiva do Todos Pela Educação. Ela explicou a posição do movimento em relação à PEC 55 e reiterou a importância do investimento na Educação como uma política pública que pode gerar um crescimento futuro para o País.

Confira aqui o áudio dessa entrevista.