As informações e opiniões formadas neste blog são de responsabilidade única do autor.

“Jovem quer escola que caiba na vida”

Mozart Neves Ramos, do Instituto Ayrton Senna, alerta que Brasil não cumprirá meta de matrícula da população de 15 a 17 anos.

Todos Pela Educação

27 Julho 2016 | 11h48

De acordo com o Plano Nacional de Educação (PNE), vence neste ano o prazo para o País matricular na escola todos os jovens de 15 a 17 anos. Porém, os dados educacionais mostram que essa meta dificilmente será atingida. Esse foi o tema do quadro De Olho na Educação, da Rádio Estadão, desta terça-feira, que contou com a participação de Mozart Neves Ramos, diretor de Articulação e Inovação do Instituto Ayrton Senna, organização parceira do Todos Pela Educação no Observatório do PNE.

Durante a entrevista Mozart pontuou que desinteresse é a principal causa do alto percentual de jovens fora da escola. “O jovem quer uma escola que caiba na vida”, afirmou.

Clique aqui para conferir.