Grandezas e Medidas na Educação Infantil

Grandezas e Medidas na Educação Infantil

Cesar Pazinatto

29 Junho 2017 | 07h20

Desde muito pequenas, as crianças começam a estabelecer relações entre elas e os objetos que observam e manipulam (está longe, está perto, é mais baixo, mais alto, mais leve, mais pesado…). Muitos desconhecem que estes são também conceitos matemáticos, e que a matemática vai além do sistema numérico.

O ambiente escolar é muito propício a esta reflexão, especialmente pela presença do grupo. A partir do corpo das crianças, é possível explorar noções de altura, peso, medidas das mãos e pés, tamanho de roupas e calçados, temas pelos quais os alunos manifestam interesse e curiosidade.

Objetos da sala de aula podem ser comparados e medidos quanto ao comprimento, ao peso, à massa. É importante apresentar às crianças comparações que desafiem conceitos pré-estabelecidos, como por exemplo a ideia de que objetos maiores são sempre mais pesados.

Na educação infantil, podemos explorar unidades de medida convencionais (metro, quilo) e não convencionais, tomando uma unidade escolhida pelo grupo, como por exemplo um passo, o tamanho de um pé, ou mesmo um determinado objeto (ex.: Quantas carteiras cabem nessa parede?).

Trazendo esses questionamentos e reflexões para nossa rotina diária, incentivamos nossos alunos para que ampliem, aprofundem e construam novos sentidos para seus conhecimentos.

Teachers: Vanessa Corredato, Marjorie Barbosa, Erica Aere, Mariana Silva, Angélica Costa e Mariane Rondena