A construção de uma nova história

A construção de uma nova história

Cesar Pazinatto

15 Março 2017 | 15h03

A cada novo ano que se inicia, tudo acontece de novo… Assim, para começar uma nova história precisamos de um bom enredo e de personagens para que ela aconteça.

Aqui na escola a nova configuração dos grupos dos alunos dos 2ºs anos foi um bom contexto para propormos atividades de integração grupal e de interação entre as crianças. E por onde começar essa história? Grupo novo, professora nova, novo ciclo de escolaridade e novos desafios a serem conhecidos e superados.

Sabemos que para haver aprendizado e construir conhecimento o grupo precisa de referências para cada integrante sentir-se acolhido em seu desamparo e por isso nada melhor do que começar o ano letivo brincando!

Tumbler1

Dessa forma, vivemos essas primeiras semanas de aula priorizando a importância da criação de vínculos nas relações e valorizando cada integrante como protagonista para nos aproximarmos cada vez mais. Para isso, propusemos jogos e brincadeiras que permitiram momentos de estar em conjunto, de se sentir pertencido a um grupo e de refletir sobre a importância de cada um nessa nova trama a ser construída.

Tumbler2.png

Além disso, as brincadeiras propostas propiciaram reflexões sobre gentileza, colaboração, confiança, empatia, compreensão e respeito aos diferentes perfis que integram cada turma.

Tumbler3

Tumble4

Como mediadoras dessas novas vivências, manteremos o nosso trabalho para que, diante dos conteúdos das diversas disciplinas, todos tenham boas condições de saber se expressar, questionar, tomar decisões, estabelecer compromissos e partilhar tarefas. Temos certeza que as narrativas serão repletas de novidades, desafios, boas experiências e aprendizado.

Muito ainda está por vir, pois tudo começou de novo… Que bom!

Tumble5 Tumble6 Tumble7

Professoras: Flávia Sanches, Marília Mendes e Talita Macedo