Aprendizagem construída a várias mãos

Aprendizagem construída a várias mãos

Lina Nonaka

22 de setembro de 2020 | 16h56

O projeto “Aprendizagem construída a várias mãos”, desenvolvido pelo Colégio Prudente de Moraes, está em consonância com as metas estabelecidas com o Governo do Estado de São Paulo no que diz respeito a necessidade de reforço em duas áreas de conhecimento:
Português e Matemática e suas Tecnologias.
Nosso objetivo é possibilitar uma parceria entre a escola E.E. Otília de Paula Leite e o Colégio Prudente de Moraes, ambas no município de Salto, a 100 km de São Paulo, em prol da aprendizagem dos alunos da rede pública de ensino.
Por meio do projeto, os estudantes da “Otília” participarão de revisões propostas pelos professores das áreas de Português e Matemática do Colégio Prudente de Moraes.
O projeto é composto por um conjunto de ações que focam na melhoria da aprendizagem dos estudantes do Ensino Médio, de 1ª a 3ª série, durante o ano letivo de 2020.
Os reforços acontecem de forma remota, no período inverso das aulas curriculares, com foco nas habilidades e competências a serem desenvolvidas, identificadas pela equipe pedagógica da escola pública.
Serão duas aulas semanais de Língua Portuguesa e de Matemática, alternadas quinzenalmente.
A Escola terá todo o apoio do Colégio Prudente de Moraes para que todos os alunos avancem em suas aprendizagens. Juntos, iremos contribuir na organização de situações diversificadas de aprendizagem trabalhando de forma colaborativa.
Neste formato, os estudantes terão oportunidades diversificadas, principalmente nesse período tão difícil da Pandemia do vírus Covid-19. Por isso, os professores apresentarão soluções criativas que ataquem os principais conteúdos que não foram aprendidos, mas sempre olhando para a necessidade do grupo.
Para participar do projeto é preciso que o professor regente da turma faça uma análise dos conteúdos mais importantes a serem revisados.

Com essa parceria estreitaremos as relações educacionais com objetivo de promover a qualificação dos alunos em suas competências e habilidade e promover o processo do ensino aprendizagem dando às mãos.

O PROJETO CONTA COM TRÊS ETAPAS:
1a etapa – Levantamento dos conteúdos para revisão,
feito pela Direção da Escola Estadual;

2a etapa – Para cada conteúdo destacado será elaborada uma lista de exercícios pautados no ENEM que serão encaminhados para a escola estadual;

3a etapa – Vídeo aula com a resolução dos exercícios propostos e algumas dicas de estudo.

Com essa parceria estreitaremos as relações educacionais com objetivo de promover a qualificação dos alunos em suas competências e habilidade e promover o processo do ensino aprendizagem dando às mãos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: