O ato de estudar

O ato de estudar

Colégio Pentágono

21 Outubro 2015 | 15h08


Escrever sobre estudar fez-me pensar sobre algumas questões sobre o ato de estudar. Antes de entendermos esse ato, precisamos entender para que e quando o aluno estuda. Em geral o aluno estuda ao fazer tarefas de casa e, principalmente, para “ir bem” nas provas. Mas será que o estudo por parte do aluno é um ato consciente e organizado?

Estudar é um procedimento que exige disciplina, rigor, sentido de dever e responsabilidade. O aluno deve perceber significado no ato de estudar, reconhecer que o estudo irá lhe trazer um benefício, ou seja, estudar vale a pena.
Para isso as escolas precisam desenvolver o hábito de estudo diário a partir de exercícios, leituras e outras atividades que façam o aluno retomar os conteúdos trabalhados na escola. É muito importante para todos, professores e alunos, terem clareza da importância do estudo em casa.

Outro ponto importante do ato de estudar é o local onde ocorrerá o estudo. O aluno precisa escolher um local adequado. Nós, no colégio Pentágono, orientamos os alunos a procurarem um local mais reservado, silencioso e com boa iluminação. Também recomendamos os materiais necessários ao estudo: caderno de registros e anotações, livros didáticos, fichas de exercícios e editais de provas. Mas, como organizar os estudos?

De modo geral os alunos têm entre 8 a 12 disciplinas e, para organizar o estudo de todas elas, há a necessidade de um plano. Orientamos que nossos alunos realizem um plano de estudos semanal, ou seja, que ele tenha uma tabela com as datas da semana e inclua as disciplinas que precisa estudar e, também, o tempo que irá dedicar para cada uma delas.

Uma outra etapa do processo de estudo é a análise de resultados. É importante que o aluno tenha uma atitude autônoma e procure identificar os erros que comete e suas causas. Os professores devem estimular os alunos a se responsabilizarem pelos seus processos de aprendizagem, reduzindo a dependência que têm de seus educadores. A análise das notas e a percepção do erro devem ser sinais para o aluno perceber a necessidade de mudar sua atitude e intensificar o estudo. Uma das funções dos professores é a de orientar os alunos com relação às metodologias próprias, de acordo com as características pessoais e necessidades individuais.

No final de sua vida escolar no Pentágono, na 3ª série, quando está na fase dos vestibulares e ENEM, o aluno com atitude de estudo, deve estar preparado para enfrentar as avaliações externas, porém, precisa ter clareza de que seus estudos geraram aprendizagem de conteúdos e habilidades para a sua vida.

Portanto, ter atitude de estudo é saber se portar diante do desafio de estudar e reconhecer que os bons resultados são consequência de um processo, que envolve plano de estudo, disciplina, perseverança e deve ser contínuo, desenvolvendo um hábito e rotina diária. Nós, educadores, somos responsáveis por desenvolver esse hábito em nossos alunos desde crianças, nas séries iniciais. Ser aluno é participar e fazer e o objetivo do Colégio Pentágono é formar um aluno estudante consciente.

Patrícia Bauer – Coordenadora Geral do Ensino Médio
Cláudio Giardino – Diretor Pedagógico Geral do Colégio Pentágono