Itinerários Formativos e disciplinas EAD formam o Novo Ensino Médio do Colégio Pentágono

Itinerários Formativos e disciplinas EAD formam o Novo Ensino Médio do Colégio Pentágono

Colégio Pentágono

24 de maio de 2021 | 12h18

A escola começou a transição nesse ano, implementando o modelo para alunos da 1ª série e adaptando currículos das 2ª e 3ª séries 

Para os estudantes da 1ª série do Colégio Pentágonoo ano de 2021 está cheio de novidades, com um currículo de aulas inteiramente renovado para o Ensino Médio (EM). A agenda semanal dos estudantes é planejada com base nas 1.800 horas requeridas pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC), de matérias básicas, e complementada com o Ciclo Pentágono, que aprofunda temas necessários para garantir boas notas nos principais vestibulares do País.  

Os destaques desse modelo educacional são os itinerários formativos do Colégio Pentágono, com foco em quatro áreas diferentes, das quais os alunos poderão selecionar uma por semestre para aprofundar o “mundo” de diferentes profissões e permitir que avaliem com mais precisão qual carreira seguir. Além disso, a escola também terá mais de 20 aulas eletivas e cada aluno deverá cumprir pelo menos 200 minutos semanais a sua escolha.  

“O Novo Ensino Médio do Pentágono com certeza é um dos mais inovadores e interdisciplinares disponíveis para os estudantes no Brasil. Iniciamos a transição nesse ano, com a aplicação dessa nova metodologia em toda a 1ª série do EM. Também faremos mudanças no currículo das 2ª e 3ª séries, como a possibilidade de flexibilizar a grade de aulas e ampliar o uso de metodologias diferenciadas. Nosso objetivo é concluir essa transição até 2023”, diz Bruno Alvarez, Coordenador Pedagógico do Ensino Médio da unidade Morumbi.  

Sala do Ensino Médio da unidade Perdizes do Colégio Pentágono

No Pentágono, a grade curricular é composta por duas partes: a base exigida pela BNCC e os Itinerários Formativos, que engloba o Ciclo Pentágono, as disciplinas dos itinerários formativos e as eletivas. Na parte da manhã, os alunos têm as matérias mais comuns, como Português, Matemática, História, Geografia e outras. De tarde entram os currículos personalizados em que os estudantes poderão formar horários diferentes, optando por um dos quatro itinerários disponíveis e selecionando livremente aulas eletivas para completar a grade. 

A nova matriz curricular tem os diferenciais pedagógicos da interdisciplinaridade cobrada cada vez mais em provas e vestibulares para testar a capacidade dos alunos em unir matérias diferentes e responder às questões do teste. Também é uma novidade a integração de disciplinas que são realizadas exclusivamente a distância e o Projete-se, que tem o objetivo de ajudar os alunos a organizarem sua trajetória durante o Ensino Médio com foco na vida pós-colégio. 

 ÁRIOS FORMATIVOS 

“Os itinerários formativos são a identidade do Pentágono, é o que nos diferencia de outras escolas”, explica Alvarez, que destaca: “Também é nessa parte da matriz curricular do Ensino Médio que incentivamos a vivência, os alunos podem trocar de itinerário a cada seis meses, para experimentar áreas e profissões diferentes. Agora, se o aluno já decidiu no início da 1ª série a carreira que quer seguir, o conteúdo de cada área será aprofundado ainda mais para vestibulares específicos.” 

Conheça os itinerários do Colégio Pentágono: 

  1. Vida e Natureza: voltado para alunos que pretendem seguir áreas relacionadas a disciplinas biológicas como Medicina, Biotecnologia, Veterinária, Farmácia, Odontologia e outras. Inclui disciplinas como Astrobiologia; AstronomiaNutrição e Imagem; Saúde Coletiva e Doenças Tropicais; Impactos Ambientais; e outras. 
  2. Ciências e Matemática: itinerário destinado aos estudantes que querem conhecer ou seguir carreira em Engenharia, Astronomia, Computação, Física e afins. As disciplinas envolvem Química no Universo; Química e Tecnologia; Astronomia; Física Avanças; e outras.
  3. Artes, Linguagens e Ciências Humanas: quem pretende se engajar em profissões como Jornalismo, Direito, Arquitetura, Design e outras profissões ligadas à linguagem e artes. As disciplinas desse itinerário são Geografia Política; Cases de Ética nos Negócios; Linguagem, Mídia e Sociedade; e outras.  
  4. Negócios e Empreendedorismo: essa escolha abrirá aos alunos a possibilidade de conhecer o conteúdo para carreiras em Administração, Marketing, Economia, Relações Internacionais e outras. Dentre as disciplinas desses itinerários estão História, Contextualização e Economia; Matemática Avançada para Administração, Direito e Economia; Sociologia contemporânea, gestão e consumo; Geografia Econômica e outras. 

AS ELETIVAS 

São mais de 20 opções de eletivas disponíveis para os alunos do Ensino Médio do Pentágono. O principal objetivo dessas disciplinas é que os estudantes possam explorar temas diversos, sem ligação com o itinerário formativo selecionado. Os alunos precisam cumprir 200 minutos semanalmente e os cursos costumam ter carga horária de 50 a 100 minutos. 

Além disso, alguns cursos são feitos em parceria com universidades de renome de São Paulo, como Ibmec e Instituto Mauá de Tecnologia. Essas disciplinas serão ministradas por professores das instituições parceiras e terão limite de vagas. Algumas das eletivas oferecidas são: 

  • Aplicativos Móveis para Android 
  • Design e Engenharia 
  • Efeitos biológicos da radiação  
  • Empreendedorismo, inovação e cloud computing (Ibmec) 
  • Empreendedorismo: o que é o Business Model Canvas? (Mauá) 
  • Jornalismo e Produção Midiática 
  • Mídia, Saúde e Práticas Corporais 
  • Modelos de Negócios Sustentáveis (Ibmec) 
  • Oficina de Constituição de Direitos Fundamentais (Ibmec) 
  • Oratória e Preparação para Fóruns  
  • Pixel Art para Games (Mauá) 
  • Química Forense 
  • Vírus? Bactéria? Alergias? A compreensão do sistema imunológico e as questões de saúde pública 

Além dessas, existem mais 16 eletivas para os alunos escolherem. 

ENSINO A DISTÂNCIA 

Outro grande diferencial do novo Ensino Médio do Pentágono é a existência de disciplinas que já foram pensadas no formato a distância, com possibilidade de o aluno acompanhar a aula de forma síncrona ou assíncrona. Essas matérias fazem parte dos itinerários formativos e das eletivas. “O ensino a distância nas escolas se comprovou eficaz durante a pandemia. A tendência do híbrido veio para ficar e faz total sentido já incluir algumas opções dentro da matriz curricular dos estudantes, que consecutivamente ganham mais autonomia e responsabilidade sobre sua própria trajetória”, afirma Alvarez.  

Entre as disciplinas EAD dos itinerários formativos estão Nutrição e Imagem, Astronomia, Química e Tecnologia, Sociologia Contemporânea, Gestão e Consumo, Linguagem, Mídia e Sociedade e outras.  

PROJETE-SE 

“O projeto de vida elaborado pelo Pentágono recebeu o nome de Projete-se, que reflete a ideia do aluno de programar e ‘projetar’ a sua rotina, além de incentivar o estudante a avaliar o futuro e imaginar aonde quer chegar”, destaca o Coordenador.  

Durante 50 min por semana, são trabalhadas as competências socioemocionais, além de ajuda para os estudantes se organizarem em suas rotinas. Professores e orientadores ensinam dicas práticas para preparar uma agenda, fazer um plano de vida, com mentoria profissional e orientação de como se preparar para o vestibular. Além disso, é no Projete-se que os alunos também aprendem formas de organização e habilidades que serão essenciais para a vida pós-escola, a bagagem que vão conquistar será necessária para impulsionar a própria trajetória e desempenho profissional. Nesse primeiro ano de transição, o projeto de vida será específico para os alunos da 1ª série do ensino médio. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.