Aprender inglês brincando

Aprender inglês brincando

Colégio Pentágono

13 Abril 2016 | 10h00

Meu filho é muito pequeno para aprender outro idioma? Escola é lugar de aprender e não de brincar, correto? Qual a melhor escola para o meu filho aprender inglês? Essas e outras questões, aparentemente distintas e distantes, pareciam verdadeiras até pouco tempo. Mas estudos recentes nos revelam o contrário: o contato com o segundo idioma, em tenra idade e em ambiente lúdico, acelera o aprendizado dos alunos rumo a resultados de sucesso.

Grande parte das habilidades necessárias para o aprendizado é desenvolvida nos primeiros anos de vida. Quanto mais nova, mais livre a criança está para receber informações do ambiente, razão pela qual devemos proporcionar oportunidades de exploração do objeto a ser aprendido, por meio de estímulos sensoriais da visão, da audição, do paladar, do tato e do olfato,além do uso da linguagem em contexto significativo.

Essas atividades devem ser planejadas de modo a trazer à tona o interesse do aluno e, na infância, jogos e brincadeiras são muito bem-vindos. Mais que divertida, a brincadeira bem estruturada proporciona interesse no aluno em permanecer por mais tempo em atividade; cria atitudes positivas diante do aprendizado, aumentando a motivação e a curiosidade; forma vínculos emocionais, abrindo caminho ao aprendizado; desafia o aluno a superar dificuldades e alcançar objetivos propostos. E não para por aí: a brincadeira proporciona a revisão do vocabulário e de estruturas gramaticais, promove a repetição fundamental para a memorização, aumenta a competência comunicativa enquanto provoca a “necessidade” que encoraja o aluno a se comunicar, reduz a ansiedade de cometer erros em público, estimula o movimento corporal em momento de aprendizado, faz o aluno pensar e buscar estratégias mentais, e muito mais.

O Colégio Pentágono prima pela excelência acadêmica, mas não perde o foco no prazer de estar na escola e na formação de outras habilidades dos alunos. E é desses valores que nasceu o learn&play. Assim, os alunos têm a possibilidade de estudar no período regular, com profissionais altamente capacitados em suas áreas de conhecimento, em aulas na língua materna. E, no período extracurricular, eles podem vivenciar e aprender Inglês por imersão, fazendo o que chamamos de “Hands on Activities”. Durante o tempo que permanecem no projeto, os alunos estão expostos 100% do tempo ao segundo idioma: no almoço, no lanche, no estudo direcionado, na culinária, em tecnologia, nas artes, na storytelling, nos jogos, nas brincadeiras e nos momentos culturais, todos contextualizados com o tema em estudo. Dessa forma, o aluno explora o mesmo assunto de diversas maneiras, utilizando suas várias inteligências, vivendo e não somente estudando o segundo idioma, sempre de forma prazerosa.

O homem aprende enquanto brinca e ele brinca enquanto aprende. Desde quando? Do início ao fim.

Por
Adriana Fernandes
Coordenadora Geral do learn&play do Colégio Pentágono