Ofélia turbina ensino do inglês

Ofélia turbina ensino do inglês

Além do aumento da carga horária das aulas de inglês, estudantes farão testes específicos para avaliar o aprendizado da língua.

Ofélia Fonseca

23 Novembro 2018 | 16h20

Com o aumento da carga horária, estudantes têm mais tempo para aprendizado do inglês (Foto: Divulgação/Ofélia)

Aqui no Ofélia, o ensino do inglês é levado a sério, durante todas as fases da vida de nossos estudantes. E por considerar a disciplina fundamental no desenvolvimento dos estudantes, desde o ano passado, nós implementamos algumas ações importantes para potencializar o aprendizado da língua inglesa, por aqui.

O processo de melhorias no ensino do inglês envolveu o aumento da carga horária das aulas para os grupos do 3º ano do Ensino Fundamental ao 2º ano do Ensino Médio, de duas para três ou quatro aulas semanais, variando de acordo com o grupo, além da aplicação de testes específicos para avaliar o aprendizado adquirido durante este ano letivo.

Já na próxima semana, vamos aplicar o teste TOEFL para os estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e também para as turmas de 1º e 2º ano do Ensino Médio. O teste Starters de Cambridge será aplicado para os estudantes do 3º ano do Ensino Fundamental, enquanto os estudantes do 4º e 5º ano farão os testes Movers de Cambridge e Flyers de Cambridge, respectivamente.

Segundo a professora de inglês dos grupos de Educação Infantil e Fundamental I, a ampliação da carga horária permitiu ir mais a fundo nos temas apresentados. “As turmas de 3º, 4º e 5º ano, do Fundamental, tinham duas aulas de inglês por semana e, em 2018, passaram a ter três aulas semanais. Isso nos permitiu explorar melhor nosso material didático, que é de altíssima qualidade, além de podermos ouvir mais músicas, ler livros em inglês e utilizarmos diversas mídias para aumentarmos a exposição das crianças ao idioma”, explica Mariane.

Para a professora Gabriela Moura, que dá aulas de inglês para as turmas do 9º ano do Ensino Fundamental I e para o Ensino Médio, no ensino de uma segunda língua, quanto maior a dedicação, melhores serão os resultados. Por isso, o aumento da carga horária foi decisivo para potencializar o inglês dos estudantes do Ofélia. “A exposição à língua é essencial e quanto mais o estudante se sujeitarem a essa exposição, melhor”, garante Gabriela.

 

Aprendizado e imersão ao inglês

Realizamos um delicioso piquenique, em inglês, com as crianças (Foto: Divulgação/Ofelia)

Com mais tempo para manter contato com a língua, os estudantes podem ampliar seu acesso ao conhecimento. Isso porque com o aumento da carga horária, é possível turbinar o ensino do inglês, promovendo uma maior imersão à língua.

Seja por meio da música, da leitura ou assistindo a filmes e séries, todo contato com o inglês pode fazer diferença no aprendizado. Por isso, quanto maior a carga horária destinada à disciplina, melhores serão os resultados dos estudantes.

De acordo com a professora de inglês, das turmas de Fundamental II, Márcia Martinho, por conta do aumento da carga horária, durante este ano foi possível experienciar de forma mais profunda o pensar em inglês, utilizando e comunicando-se durante as propostas que os estudantes vivenciaram nas quatro aulas de inglês semanais. “Pudemos realizar atividades que contextualizem a gramática nos veículos de comunicação, adequando aos gêneros textuais aprendidos e acreditamos que este seja o grande objetivo do ensino da língua estrangeira, aprender em uso e para o uso social”, explica Márcia.

Para ela, outro objetivo atingido com o aumento da carga horária foi poder trabalhar, com tempo, a heterogeneidade dos saberes dos grupos, ampliando repertórios, participando com mais segurança e interesse nas atividades de trocas com seus pares. “Eles puderam identificar a função da gramática na leitura de diferentes textos, na comunicação oral e nas atividades de listening”, completa.

 

Novidades continuam em 2019

Para 2019, mais mudanças devem ocorrer no ensino do inglês, aqui no Ofélia. Isso porque a ampliação da carga horária de aulas do idioma será estendida aos estudantes do 2º ano do Ensino Fundamental, que passarão a ter três aulas semanais.

“Além disso, também avançaremos para a certificação oficial dos estudantes”, garante a diretora do Ofélia, Marisa Monteiro.

“Tenho certeza que os estudantes terão a chance de desenvolverem ainda mais suas habilidades através dos diversos canais que hoje se encontram disponíveis no colégio”, conclui a professora Mariane.

 

Confira um vídeo, em que os estudantes tiveram a oportunidade de conhecer um pouco sobre a cultura de outras crianças que vivem em lugares onde o inglês é a língua oficial!