Literatura de Cordel

Thais Gonzales

30 Janeiro 2017 | 14h21

A produção cultural do povo nordestino é diversificada e muito rica. Uma modalidade típica na região deixou os alunos bastante empolgados: a Literatura de Cordel.

Esse tipo de texto possui um linguajar despreocupado, regionalizado e informal. A cada dia, esse modelo é mais valorizado não só no Brasil, mas em todo o mundo.

Os textos são publicados em livretos fabricados praticamente de forma manual pelo próprio autor. Eles têm geralmente oito páginas, mas podem ter até 32.

Leituras, exposições e vídeo-aula sobre Xilogravura aparecem em algumas turmas durante o ano. Segundo a equipe pedagógica, uma oportunidade de trabalhar a leitura, a escrita, a linguagem não verbal e, claro, apreciar um universo literário diferente.

Que tal experimentar esse tipo de literatura em casa também ?