Internet: respeite o espaço do seu filho, mas fique por perto

Thais Gonzales

15 Março 2017 | 09h45

 

Os adolescentes buscam sua própria identidade. Nesta fase, é natural eles focarem em seu próprio mundo, amigos e descobertas. Não há nada de errado nisso. Essa só é uma fase que merece bastante atenção. Respeite o espaço do seu filho, mas esteja sempre por perto.

A preocupação que você tem pelo o que ele vive no mundo real também deve ser aplicada no mundo virtual. Sabemos que muitos são os benefícios da internet, mas há perigos que podem ser evitados.

Buscando entretenimento, conhecimento ou para jogar, certamente, se adolescente usa bastante a internet. Certifique-se que ele esteja jogando com pessoas da idade, oriente sobre não passar fotos, dados, especialmente, bancários, e a não baixar programas não confiáveis.

Existem alguns aplicativos de monitoramento que os pais podem usar, mas, se for uma opção em sua família, é fundamental ser transparente com o seu filho e conversar sobre esse recurso de segurança.

Acompanhe e tente participar dessa programação online – tão interessante para essa faixa etária, mostrando sempre interesse por esse universo. A orientação, a aproximação e o investimento em conquistar a confiança são armas poderosas para protegê-lo.