Ensino de outro idioma acelera o raciocínio das crianças

Thais Gonzales

24 Março 2017 | 10h52

Todo mundo nasce com o cérebro pronto para aprender línguas. Esta habilidade é mais aguçada entre os dois e quatro anos de idade. Por isso, quanto antes começar, melhor.

Até os quatro anos, as crianças estão formando os circuitos de linguagem. Se o cérebro é estimulado a aprender novas línguas nos primeiros anos, ele responde ao estímulo, e o aprendizado acontece de maneira mais rápida e eficiente.

Elas estão desenvolvendo suas habilidades de fala e assimilam os diferentes fonemas de forma bem simples. Isso significa que aprender a segunda língua não será complicado. Diferente do que acontece com os adultos, que muitas vezes levam anos m escolas de inglês.

Aprender outra língua traz diversos benefícios: melhora o raciocínio, a capacidade de concentração e de memorização. Um estudo canadense mostrou que as crianças bilíngues são mais ágeis e conseguem fazer mais tarefas ao mesmo tempo com mais facilidade.

O bilinguismo nas escolas brasileiras é uma prática relativamente nova, mas ganha força no Brasil. Profissionais da educação e pais já estão entendendo as vantagens de inserir o inglês, por exemplo, diariamente.

Siga sem medo, o ensino de outro idioma acelera o raciocínio e auxilia no desenvolvimento cognitivo das crianças.