Alunos participam de reflexão sobre a obra “O Cortiço”

Thais Gonzales

05 Abril 2017 | 09h40

Na última semana de março, alunos dos 8º e 9º anos e do Ensino Médio prestigiaram uma apresentação empolgante sobre a obra “O Cortiço”, de Aluísio Azevedo. O grupo Liga dos Heróis Imaginários trouxe, por meio de um stand-up, a reflexão sobre o livro.

Com uma linguagem divertida e descontraída, os artistas conseguiram  mostrar o cotidiano que girava em torno de um cortiço carioca. O ambiente, descrito na obra de Azevedo, como um local de promiscuidade capaz de contaminar quem se aproximasse de lá.

O autor faz uma dura crítica social e denuncia preconceitos raciais, por exemplo. Não à tona, é um livro que sempre aparece nas listas de leitura obrigatória dos principais vestibulares, como a Fuvest.

Além de abordar o tema, os artistas falaram sobre sua experiência pessoal de ingresso na faculdade e sonhos para a vida, enriquecendo ainda mais a atividade. “Não consigo esquecer quando ele disse que, quando entrou na faculdade, seu sonho era mudar o mundo, mas depois de um tempo seu sonho passou a ser mudar pelo menos um”, conta a aluna Giovana.

O grupo cativou os alunos e deixou uma mensagem importante sobre autoconhecimento e o poder transformador que cada um pode ter.