Plantão de dúvidas, importante ferramenta de estudo.

Plantão de dúvidas, importante ferramenta de estudo.

Natália Venâncio

21 Março 2016 | 18h00

IMG_4160          IMG_4175

 

O sistema de plantão de dúvidas do Colégio Marista Arquidiocesano contempla do 9° ano à 3ª série do Ensino Médio e ocorre de forma sistemática de 2ª a 6ª feira, das 14h às 17h30, na Biblioteca Central da instituição e no Salão de Eventos. “O projeto do plantão de dúvidas tem o objetivo de promover o desenvolvimento da rotina dos alunos, ajudando na gestão de estudo para acompanhar o desempenho e a evolução no conhecimento das disciplinas”, afirma Welington Nunes Souza, coordenador do Ensino Médio.

Mudanças benéficas

No início deste ano, o plantão de dúvidas passou por uma série de mudanças, começando pelo espaço no qual se realiza, antes apenas no Salão de Eventos e agora também na Biblioteca Central. “O fato de parte do plantão acontecer na biblioteca fez com que os alunos do 9° ano se sentissem mais à vontade para acompanhar as atividades, pois este é um espaço bastante frequentado pelos alunos do Fundamental II, o que torna a permanência nele bastante significativa. Outro fato que aumentou o fluxo no plantão é que as aulas de cotidiano passaram a ser realizadas em conjunto entre o professor do componente e o docente de apoio”, explica Katia Helena Alves Pereira, coordenadora do 9°ano.

Também aumentou o número de disciplinas oferecidas e o professor de apoio do plantão passou a ter maior contato com os professores dos componentes e com os alunos, assistindo aulas 2 vezes por semana nas classes convencionais.

As disciplinas abarcadas pelo plantão são: Matemática, Física, Química, Biologia, Português, Literatura, Produção de Texto, Geografia, História, Filosofia e Sociologia. Professores formados, com excelente formação acadêmica, recebem os alunos que chegam com determinadas dúvidas e as esclarecem de maneira individual ou coletiva.

“Antes, havia uma cultura de utilizar o plantão nas vésperas das provas, porém através do contato dos docentes de apoio com os alunos foi se estabelecendo uma cumplicidade e eles foram sendo convidados a criar uma metodologia de estudo permanente”, acrescenta o coordenador do Ensino Médio.

Segundo Welington Nunes Souza, a partir das mudanças, ocorreu um aumento considerável de fluxo de alunos no plantão. “Temos uma média de 300 alunos por tarde de plantão e isto se deve ao fato de termos professores formados no atendimento, pelo contato professor e docente de apoio, pelo contato docente de apoio e aluno, pela localização do plantão e também pela maior divulgação do plantão feita pelos professores em sala de aula”.