Feira de Universidades Internacionais – Graduação no exterior lota o poliesportivo do Marista Arquidiocesano

Feira de Universidades Internacionais – Graduação no exterior lota o poliesportivo do Marista Arquidiocesano

Paulo Adolfo

13 Março 2017 | 10h18

IMG_6483 IMG_6518

O Colégio Marista Arquidiocesano promoveu nesta sexta-feira (10/03), das 8h45 às 11h30, a Feira de Universidades Internacionais – Graduação no exterior, em parceria com a empresa de Londres BMI (Brazilian Management Institute). O Poliesportivo da instituição ficou lotado de alunos em busca de informações.

Muitos alunos pararam no estande da University of Calgary (Canadá) e as perguntas mais frequentes giraram em torno da carreira de Direito, especificamente sobre as diferenças curriculares (de legislação, por exemplo). Segundo Aggie Chan, representante da universidade na feira, as principais vantagens de estudar no Canadá referem-se ao preço, afinal o dólar canadense é mais barato do que o dólar americano, e à qualidade do ensino. Os cursos mais procurados por brasileiros são as Engenharias, Medicina e Direito.

O gestor de projeto Rúben Alves falou um pouco sobre as 15 universidades de Portugal que integram a Universities Portugal, incluindo todas as instituições públicas. Quando questionado sobre qual o mercado potencial para captação de alunos, ele responde que os brasileiros estão entre os prioritários. Também estão ‘na mira’ países como Colômbia, China, Macau, Angola, Moçambique, Luxemburgo, França, Estados Unidos e Canadá.

Segundo Alves, os principais atrativos de estudo são segurança (Portugal é o 5° país mais seguro do mundo), clima (parecido com o nosso), semelhança cultural, ingresso pelo Enem nas 15 universidades e mobilidade no espaço europeu. “Estudar no exterior é muito importante no mundo de hoje e, além disso, somos um povo parecido, acolhedor”, afirmou.

As estudantes Julia Vicentini e Luiza Bueno, da 3ª série do Ensino Médio, passaram por vários estandes e, entre eles, o da St. Norbert Wisconsin, dos Estados Unidos. As questões das meninas foram peculiares, elas queriam saber sobre bolsa esportiva e ficaram felizes ao saber que o esporte pode funcionar como “passaporte” para estudar no exterior. Recentemente Julia foi visitar duas universidades na Flórida e disse que na feira do Arqui se sentiu mais bem atendida, pois as informações foram dadas de modo mais customizado.

De acordo com a Professora de Inglês do Marista Arquidiocesano, Renata Bachert Torres, os alunos mostraram muito interesse na feira. “Estamos atendendo uma demanda do nosso público e também acreditamos que fazer uma graduação no exterior seja uma experiência enriquecedora”, explicou.

Segundo Alan Dantas Leonardo, coordenador do Marista Idiomas, essa inciativa é parte do nosso programa de Internacionalização que contempla várias ações, tais como: aumento da carga horária das aulas de inglês; inauguração do novo centro de idiomas, o Marista Idiomas; High School Marista by Way American School; e oferta de intercâmbio (Summer Camp) para o Columbia College, no Canadá, aos interessados. “A Feira é um trampolim para quem almeja estudar no exterior. O aluno tem acesso a um amplo leque de opções que vão da América do Sul até Suíça”, acrescentou.

“Hoje, nossos alunos revelam cada vez mais interesse em universidades fora do Brasil. Estão rompendo fronteiras, criando conexões internacionais. A Feira permitiu o exercício da língua Inglesa, pois alguns representantes se comunicaram nessa língua. Também fomentou nos alunos mais jovens os primeiros passos para pensar em suas carreiras, investigando cursos e conhecendo outras experiências. Decidimos convidar os alunos também de 8º ano que revelaram bastante interesse. Já preparamos o próximo evento, que será ainda neste ano”, informou Katia Helena Alves Pereira, coordenadora psicopedagógica do Ensino Fundamental II.

Participaram do evento as seguintes instituições internacionais de Ensino Superior: APESP – Associação Portuguesa de Ensino Superior Privado (Portugal); Business and Hotel Management School (Suíça); Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU) / Portugal; Egas Moniz – Cooperativa de Ensino Superior, CRL (Portugal); ENFOREX / Don Quijote (Espanha); GES School’s Network Paris (França); Grafton College (Irlanda); Instituto Politécnico de Viseu (Portugal); Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (Portugal); Instituto Superior de Administração e Línguas (Portugal); Instituto Universitário da Maia (Portugal); ISPA – Instituto Universitário (Portugal); LaSalle College Montreal & Vancouver (Canadá); Portugal Politécnicos (Portugal); RUDN University (Rússia); Savannah College of Art and Design (Estados Unidos); Skema Business School (França); St. Norbert College (Estados Unidos); Swiss Education Group (Suíça); Toulouse Business School (França); Universidad Privada Domingo Savio (Bolívia); Universidade Lusófona (Portugal); Universidades Lusíadas (Lisboa, Porto e V.N. Famalicão) (Portugal); UniversitiesPortugal.com (Portugal); University of Calgary (Canadá); University of Windsor (Canadá).

Ainda este ano, o Marista Arquidiocesano organizará mais um evento para que seus alunos (e familiares) conheçam cursos e instituições internacionais como outras possibilidades e oportunidades de continuidade dos estudos no exterior após o término da Educação Básica.