Criando uma rotina de estudos no ensino híbrido

Criando uma rotina de estudos no ensino híbrido

Natália Venâncio

08 de março de 2021 | 10h34

Especialista do Colégio Marista Arquidiocesano esclarece como garantir um ensino de qualidade nesse novo modelo

Desde o início de fevereiro, as escolas de São Paulo retornaram às atividades presenciais, com grupos de estudantes se revezando a cada semana para participar das aulas presenciais e online, alternadamente.

Porém, como manter a rotina de estudos nessa nova organização educacional com modelo de ensino remoto concomitante com o presencial, visando atender às necessidades de segurança impostas pela pandemia da covid-19?

Neste cenário híbrido, é importante reforçar que a organização é fundamental. Isso significa se planejar contemplando horários de estudo, lazer e compromissos fora do horário escolar.

“O ensino tem que motivar os alunos a interagir com os colegas e professores, mesmo no modo remoto. São aulas que tem que envolver o aluno, promover interação, propiciando momentos em que aluno participe da aula”, afirma a coordenadora do Ensino Fundamental – Anos Iniciais do Colégio Marista Arquidiocesano, Lilian Gramorelli.

Como os pais podem ajudar nesse processo?

Os pais devem orientar, dialogar e ajudar na criação e no desenvolvimento da grade de estudos. O diálogo, direto e construtivo, é um ótimo trajeto de condução da relação entre os filhos, o estudo e o resultado que se almeja alcançar. As crianças necessitam de uma maior mediação das aulas e da organização dos materiais por parte dos pais, já os mais velhos de um acompanhamento para verificar se há participação e interesse nas aulas.

“É necessário estar atento para que as horas de estudo não diminuam no ensino híbrido”, explica a professora. “Por isso, é essencial estabelecer a rotina de estudos diários, que garantirá a melhor distribuição entre tempo de estudo e de lazer”, frisa Lilian.

Veja cinco dicas de como garantir o bem-estar emocional com a volta às aulas no ensino híbrido:

1. Organize um espaço adequado, com boa luminosidade e de preferência silencioso;

2. Desenvolva estratégias e seja persistente;

3. Tenha foco e esteja motivado;

4. Equilibre o tempo de estudo e de lazer, buscando realizar atividades prazerosas;

5. Mantenha a regularidade de estudos. O segredo é não fazer demais em pouco tempo, mas fazer sempre.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.