Arquidiocesano promove Olimpíada de Matemática

Arquidiocesano promove Olimpíada de Matemática

Natália Venâncio

29 de março de 2022 | 09h42

Uma das etapas do concurso, promovido pelo Colégio Marista Arquidiocesano, é a confecção de mascotes pelos próprios alunos. A escolha é feita por votação aberta para toda a comunidade

A Olimpíada Interna de Matemática (OLIMAT) 2022, envolvendo os estudantes do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental – Anos Iniciais, do Colégio Marista Arquidiocesano, tem início no dia 04 de abril.

O evento ocorrerá em fases ao longo do ano, com encerramento no mês de setembro, contemplando: a criação de mascotes pelos alunos nas aulas de Arte, o concurso para definir a vencedora que representará a série em cada turma, as três etapas de provas na área de Matemática, incluindo os conteúdos de cada série e problemas não convencionais como lógica, excesso de dados, entre outros.

De acordo com a coordenadora pedagógica do Ensino Fundamental – Anos Iniciais do Arquidiocesano, Lilian Gramorelli, essa proposta de atividade lúdica e diferenciada tem como objetivos estimular o interesse pelo componente curricular e utilizar a tecnologia como aliada no processo de ensino-aprendizagem da Matemática. “Além de desenvolver conteúdos atuais, despertar a curiosidade e o interesse dos alunos e atender às expectativas dos estudantes, em especial daqueles que demonstram desde cedo aptidão e paixão pela Matemática”, explica.

Em parceria com o componente de Arte, os alunos participarão da criação e seleção da mascote da Olimpíada. Serão eleitas três mascotes, uma de cada série participante. A votação será feita virtualmente e os vencedores serão anunciados na cerimônia de abertura da Olimpíada. A votação é aberta para toda a comunidade e acontece pelo link https://forms.gle/HUsqdKnTeu7gdYep8. No ano passado foram mais de 60 mil votos e a expectativa do Arquidiocesano é superar essa marca em 2022.

Realizada em três etapas de provas – maio, junho e agosto – cada uma será composta por 15 questões objetivas e os alunos terão uma hora para resolução. Poderá existir, se necessária, a 4ª etapa, de desempate.

A cerimônia de encerramento deve ocorrer em setembro; serão premiados três alunos de cada sala – ouro, prata e bronze. “O objetivo é contemplar o maior número de alunos para que se sintam motivados para as próximas edições. Além da premiação com medalhas, é importante ressaltar que todos os estudantes receberão certificados de participação, valorizando e reconhecendo a dedicação de cada um”, reforça a professora Lilian.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.