Arquidiocesano celebra o Festival Champagnat

Arquidiocesano celebra o Festival Champagnat

Natália Venâncio

07 de junho de 2021 | 13h37

Atividades envolvem alunos, professores e colaboradores do Colégio Marista Arquidiocesano, no ambiente virtual

O Colégio Marista Arquidiocesano realiza até 30 de junho, o Festival Champagnat, que festeja anualmente a vida e obra de seu fundador, São Marcelino Champagnat, por meio de atividades pedagógicas, esportivas, culturais e solidárias.

Essa é segunda vez na história da escola que o tradicional evento ocorrerá utilizando o ambiente online, atendendo aos protocolos de saúde para o combate ao novo coronavírus.

O Festival Champagnat contempla alunos desde a Educação Infantil até o Ensino Médio visando preconizar os valores Maristas – acolhida, presença, espírito de família, espiritualidade, simplicidade e solidariedade. São mais de 3 mil alunos, docentes e colaboradores envolvidos virtualmente na celebração.

A temática central que conduz a festividade tem como base o tema da Campanha da Fraternidade de 2021, e são inspiradas pelo tema “Fraternidade e Diálogo: Compromisso de Amor” e o lema “Cristo é a nossa Paz: do que era dividido, fez uma unidade”.

“Sensibilizados pelo tema da Campanha da Fraternidade, temos convicção de que o Festival Champagnat será um espaço para evidenciar as competências, habilidades e valores Maristas, de forma dinâmica e criativa”, afirma o coordenador da Pastoral do Colégio Marista Arquidiocesano, Osmar Resende.

Dia da solidariedade

Em 26 de junho, sábado, das 9h às 17h, acontece o Dia da solidariedade. Nesta data as turmas poderão doar roupas (cobertores, roupa infantil, feminino, masculino, sapatos e acessórios) e alimentos. As entregas de alimentos de qualidade e roupas limpas e em bom estado ocorrem no drive-thru na Rua Afonso Celso, nº 840, na Vila Mariana, na capital paulista.

De acordo com o Diretor Geral do Marista Arquidiocesano, Carlos Dorlass, um dos marcos mais importantes do Festival Champagnat é a solidariedade. “Este é mais um momento de aprendizagem, para que sejam fortalecidas as interações sociais, considerando e respeitando as características de cada um, com empatia e responsabilidade”, finaliza.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.