Alunos do Arquidiocesano fazem campanha contra o preconceito

Alunos do Arquidiocesano fazem campanha contra o preconceito

Natália Venâncio

16 de novembro de 2020 | 13h34

Projeto desenvolvido foi denominado como “o eu, o outro e nós”

Engajados na causa de combate ao preconceito, alunos do 5º ano do Ensino Fundamental do Colégio Marista Arquidiocesano estão produzindo vídeos para uma campanha de conscientização que parte do tema “o futuro que queremos”. O material será disponibilizado na plataforma na qual ainda ocorrem as aulas on-line e também nos canais de comunicação internos do colégio.

Para a realização do projeto, os estudantes foram divididos em grupos, de acordo com as temáticas escolhidas – racismo, gordofobia e preconceito contra as mulheres – e se posicionaram criticamente nos debates em aulas, utilizando ferramentas digitais de maneira autônoma e construtiva.

Cada um teve a oportunidade de plantar cinco sementes, realizando uma analogia entre eles, que são consideradas “as sementes do amanhã”. A partir daí, os estudantes elencaram quais seriam as virtudes e habilidades que cada semente estaria representando. O plantio seria uma representação para as crianças de “quais sementes quero semear para o meu futuro florescer?”

De acordo com a professora Juliana Costa Arantes, o objetivo da atividade é projetar para os alunos e o país um futuro com mais respeito e empatia. “Afinal, enquanto sociedade, o que queremos para o futuro?”, questiona a docente.

A atividade faz parte do Projeto de Intervenção Social (PIS) do Colégio, uma prática pedagógica Marista que promove o diálogo e o protagonismo, permitindo entender as necessidades humanas e sociais, questioná-las e traçar caminhos para enfrentar as problematizações contemporâneas.

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: