Aluna do Colégio Marista Arquidiocesano tira nota máxima na redação do Enem

Aluna do Colégio Marista Arquidiocesano tira nota máxima na redação do Enem

Natália Venâncio

27 de janeiro de 2017 | 10h01

Julia_Enem_

Julia Oya é destaque no Portal G1 por obter 1.000 pontos na redação do Enem 2016, considerada a pontuação máxima. A temática “Caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil” foi abordada, seguindo a tese de que mesmo não sendo um problema tão explícito como nos Estados Unidos e na Europa, existe intolerância por aqui principalmente por causa da política (bancada evangélica) e do passado do nosso país (religiões africanas trazidas pelos escravos).

O repertório adquirido em textos jornalísticos e dicas aprendidas nas aulas da professora Cristina Helena Ferreira foram fundamentais para o êxito. Segundo a aluna, nas aulas de redação, sempre houve orientação customizada, com direito a muitas correções e dicas práticas. O treino em casa também ajudou.

Os dados mostram o quão grandioso foi o feito da Julia: o número de estudantes que obtiveram a nota máxima na redação do Enem 2016 caiu em relação ao ano anterior.  A média em redação ficou entre 501 e 600 pontos, mas apenas 77 participantes conseguiram tirar 1.000 pontos. Em 2015, 104 estudantes obtiveram a pontuação máxima.

Confira a reportagem do G1 na íntegra:

http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/leitura-de-textos-jornalisticos-e-escrita-fazem-aluna-de-sp-tirar-nota-mil-na-redacao-do-enem.ghtml