CineUtopia ou CineRealidade?

Colégio Ítaca

16 Março 2016 | 12h53

Continuando a brincadeira com as palavras, Cinestesia é o conjunto de sensações pelas quais são percebidos os movimentos musculares do corpo humano, cujos estímulos provêm do próprio organismo. Sabe assim, quando algo incomoda tanto, mas tanto, que mesmo quando você não quer fazer nada a respeito, alguma coisa dentro de você não te deixa parar de pensar naquilo até agir de fato? Pois, então, nossos alunos do sétimo ano de 2015 estavam assim, tão incomodados, tão insatisfeitos e tão inconformados com alguns assuntos, que não conseguiram ficar quietos e tiveram que fazer mais, muito mais.

Durante o 3º bimestre de 2015, as disciplinas de Linguagens Audiovisuais (Cinema) e de Redação trouxeram à tona alguns assuntos para estes alunos através de filmes, documentários e seminários que mexeram com as emoções dos pequenos escritores e cineastas em formação.

Ao assistir a documentários como “Fed Up” e “Muito além do peso” o tema da educação alimentar e da obesidade infantil trouxe para a turma questionamentos não só sobre qual seria o papel dos pais e da escola na alimentação das crianças, mas também sobre qual o peso da responsabilidade dos próprios fabricantes de alimentos e da mídia, ao dificultar a compreensão do público a respeito das informações nos rótulos dos alimentos mais gordurosos e ricos em açúcares, por exemplo.

Filmes como “Tomboy” e “Mary & Max” despertaram, ainda, o interesse em olhar o outro como eles gostariam de ser olhados, de ter pelo outro a preocupação que gostariam que tivessem por eles, mas também levantaram questões sobre as diferenças físicas e pessoais de cada um e ajudaram a pensar em como estariam expondo os próprios colegas a situações desconfortáveis em alguns momentos, mesmo sem querer.

Ao pensar o próprio corpo e as imposições da mídia sobre ele, os alunos trouxeram pra roda de discussão assuntos como aceitação, bullying e cyberbullying e se sentiram não apenas à vontade, mas até mesmo no dever de se expor e contar suas histórias e repensar atitudes, eventualmente.

No meio desse turbilhão de discussões, textos críticos, resenhas e seminários, o projeto surpresa do 4º bimestre de Linguagens Audiovisuais – Cinema realizou-se e os alunos foram convidados a transformar suas angústias em documentários de curta-duração: com pesquisa sobre os temas escolhidos, introdução teórica, compilações de entrevistas, fechamento e argumentação final com respostas ou novas indagações surgidas no processo… tudo isso com duração máxima de 10 minutos.

Temas escolhidos: o bullying e o cyberbullying (pela ótica de quem sofre e também o de quem comete), o altruísmo (o que é e onde se esconde), a educação alimentar e a obesidade infantil, a desigualdade social no Brasil, as relações de dinheiro e poder na sociedade e a imposição da beleza pela mídia!

Criaram-se belíssimas introduções de defesa  e, seguiu-se todo o processo com muita dedicação e vontade. Resultados? Excelência. Também criaram cartazes com o mote principal dos documentários e “instigaram”, no evento Expressão, corpo e cultura, o público a assistir. Sucesso total.

O ano de 2015 foi o terceiro do curso de Linguagens Audiovisuais para os alunos do Colégio Ítaca e pudemos perceber, como muito bem defende o cineasta Carlos Gerbase[1] (2013), que “a interdisciplinaridade é o Santo Graal da vida acadêmica contemporânea: todos a desejam e procuram, mas ela é muito difícil de ser achada. Nós a procuramos como os membros do grupo Monty Python: a pé, montados em cavalos imaginários, batendo cocos para imitar o som do trote. Mas sempre em frente. E o resultado prova ser possível, dessa maneira, transformar projetos em realidade, com confiança, parceria e troca entre professores idealistas, disciplinas assertivas e alunos interessados. É possível esse “Santo Graal” de vez em quando e incentivar outros e não deixá-lo cair no chão.

[1] GERBASE, CARLOS. Apresentação. In: MELLO, Ana Maria Lisboa. et al. Literatura e cinema: encontros contemporâneos. Porto Alegre: Dublinense, 2013.

 

Texto: Professora Yanaí Mendes (Linguagens Audiovisuais, EF2)

 

https://youtu.be/wDHB6wDecQM

https://youtu.be/9gwUQavbkAs