Brincando de carrinho…

Brincando de carrinho…

Colégio Ítaca

17 Julho 2015 | 10h43

DSCN3290 DSCN3308 (2)

        Entraram em ação palitos de sorvete, tampinhas plásticas de garrafa, canudinhos, conhecimentos de Física e muita criatividade… ah, e elásticos, desses de escritório – esses eram, aliás, o único material obrigatório, na montagem de um carrinho cuja propulsão deveria ocorrer justamente a partir de um elástico. E o 2º EM, dividido em pequenos grupos, pôs-se a criar, inventar (inclusive, como um gancho para o amadurecimento e continuidade do trabalho, os carrinhos poderiam apresentar proteção aos ocupantes – frágeis ovos crus -, com alguma espécie de airbag. Mas isso ainda não era o foco nesse primeiro momento).

Na data marcada, o local dos testes – pátio da escola – era cenário, sim, de óbvia disputa, mas também de muita risada, alegria, frustração (a depender do desempenho da “máquina”). O mais importante, no entanto, foram os ganhos: nessa proposta do curso de Física, praticamente toda a Mecânica é utilizada, sendo que conceitos como aceleração, força resultante, atrito e transformação de energia, entre outros, estão intimamente ligados ao funcionamento do carrinho. Quem ainda não dominava tais conceitos, buscou dominar, na medida em que disso dependia o êxito de todo o grupo: a qualidade de cada projeto foi verificada com base na distância percorrida pelo veículo, a partir do repouso (uma distância mínima foi determinada pelo professor e foram permitidos dois testes para cada carrinho, com toda torcida a que tinham direito).

DSCN3298DSCN3304 (2)

DSCN3300

Colheram-se benefícios também, certamente, no desenvolvimento de habilidades como capacidade de planejar, aplicar conceitos, alterar projetos, testar, adaptar, buscar soluções práticas, trabalhar em equipe, inventividade…

As observações do professor durante e após as apresentações uniram prática e teoria, em uma proposta despretensiosa na sua execução (especialmente em tempos de altas tecnologias), mas extremamente sofisticada na sua acepção (envolvendo conceitos que nem sempre são simples de aprender e ensinar) e nos seus resultados. Brincadeira??!!

DSCN3306

Texto: José Roberto Paião (Física EM)