Vestibulares na quarentena: mais um pouco do novo

Colégio FAAP

12 de junho de 2020 | 13h11

Se os vestibulares já eram um “passo no escuro” para milhares de estudantes, o que não dizer neste momento onde a exceção é regra?

Por mais inovadoras que possam ser, agora, as provas dos processos seletivos para ingresso nos cursos superiores, alguns princípios fundamentais serão mantidos pelas instituições, a começar pela FAAP e, desses fundamentos, falaremos um pouco para acalmar eventuais ansiedades.

Considerando que as provas em questão, além dos conhecimentos fundamentais para o ingresso no ensino superior, avaliarão habilidades intelectuais, igualmente necessárias, mesmo que a forma seja inovadora, os critérios serão os mesmos. Assim, lembraremos aos vestibulandos cuidados essenciais a quaisquer provas.

Na nova modalidade de prova, as redações deverão ter muito valor: foco no tema, evitem construções e termos que não sejam do seu domínio, sobretudo, “frases feitas de efeito” que demonstram cópias, introduza o tema, separe e explore seus argumentos de forma objetiva e conclua com coerência. Lembre-se que os examinadores conhecem as “possibilidades médias” dos vestibulandos. Textos prolixos ou alheios podem ser fatais.

Concentrem-se nas questões nas quais têm maior segurança para “garantir o ponto”. Sobretudo nas provas on line, nas quais o tempo será fator importante, perder tempo no incerto não é uma boa opção e, principalmente, não utilizar todo o tempo disponível.

Grande parte dos equívocos em provas acontecem por desatenção quanto ao enunciado: leia com muito cuidado o que está sendo solicitado e, só depois disso, passe às alternativas. As provas das instituições sérias não utilizam “pegadinhas”, ou seja, alternativas capciosas para enganar.

Nas provas on line podem acontecer “equívocos fatais”. Os programas utilizados e a estrutura das provas são feitos para se evitar quaisquer possiblidades de fraudes. Assim, façam a sua parte sem desvios, ou inúteis tentativas que podem comprometer em muito o desempenho final!

Preparem o espaço e os equipamentos para evitarem intervenções externas e problemas técnico. Seguramente, esses fatores novos trarão as maiores dificuldades, pois serão as grandes novidades e, como tal, podem dispersar a atenção, induzir ao erro ou, o que pode ser fatal, anular a prova, uma vez que existirão instrumentos próprios de controle!

No mais, uma véspera de descontração, uma noite de repouso e a certeza de que a sua formação será espelhada em resultados positivos e de que, essa, não será sua última oportunidade, mas, com certeza, um momento importante de aprendizado que, dessa forma, sempre será vitorioso.

Professor Henrique Vailati Neto é diretor do Colégio FAAP – SP. Formado em História e Pedagogia, com mestrado em Administração. É professor universitário nas disciplinas de Sociologia e Ciência Política. Tem quatro filhos e quatro netos.

Troque ideia com o professor: col.diretoria@faap.br

Tudo o que sabemos sobre:

educaçãoFAAPvestibularvestibular online

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: