Um mundo novo: temas que se impõem como conteúdos inequívocos

Colégio FAAP

29 de janeiro de 2021 | 14h47

Não há como duvidar que viramos uma página da história: por menos que queiramos, o novo (que não desejávamos) mudou nossas vidas de forma irreversível e buscar um vislumbre estratégico é obrigação de quem educa para um futuro ainda mais imprevisível.

Uma das metas centrais do Colégio Faap, entre várias, é a perseguição das  informações essenciais para a construção do conhecimento pertinente ao aluno. Aquelas essenciais à sua formação acadêmica e, sobretudo, para o apoio à consolidação de um caráter cidadão, comportamento em processo de extinção.

Numa análise isenta e rápida do atual contexto histórico, somos assolados por carências humanas de formação que comprometem, assustadoramente, o processo civilizatório. Nem cabe, aqui, mencionar o obscurantismo fruto de ideologias espúrias que ameaçam séculos de conhecimento científico. Falo de vácuos éticos precedentes, mais elementares, que constituem os fundamentos desses comportamentos sociais deletérios.

São princípios e qualidades essenciais como compaixão, cidadania, urbanidade, sentimentos construtores da vida em sociedade e que, em situações de crise agônica, estabelecem os limites da sobrevivência e da dignidade. Nada tão desalentador para nós educadores do que constatar a profunda ausência de respeito ao outro. Nada mais frustrante do que o contemplar impotente legiões de celerados pondo em risco vidas pelo direito de uma liberdade que não conquistaram e a que ninguém tem direito.

Se o suicídio é sintoma clínico de desequilíbrio, essa insanidade que resvala para o crime exige tratamento pedagógico!

Alguns educadores se perguntariam: “onde falhamos”?

Esforço inútil ante a tarefa de educar para o que aflige, acudir de preencher lacunas comprometedoras: o mal é fruto, sempre, da ignorância, jamais da sabedoria!

 

Professor Henrique Vailati Neto é diretor do Colégio FAAP – SP. Formado em História e Pedagogia, com mestrado em Administração. É professor universitário nas disciplinas de Sociologia e Ciência Política. Tem quatro filhos e quatro netos.

 

Troque ideia com o professor: col.diretoria@faap.br

 

Tudo o que sabemos sobre:

Colégio FAAPEnsino MédioFAAPeducação

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.