Mini-diplomatas em ação

Mini-diplomatas em ação

Colégio FAAP

09 Junho 2016 | 09h50

Alunos do Colégio participaram do Fórum FAAP de Discussão Estudantil, primeira simulação da ONU do Estado de São Paulo realizada com alunos de Ensino Médio

Mais de 500 estudantes de Ensino Médio participaram do Fórum FAAP

Mais de 500 estudantes de Ensino Médio participaram do Fórum FAAP

Os alunos do Colégio FAAP participaram de mais uma edição do Fórum FAAP de Discussão Estudantil, simulação de organismos internacionais nos moldes da ONU, organizada há 12 anos por alunos dos cursos de Economia e Relações Internacionais (RI) da Fundação Armando Alvares Penteado. O evento – voltado para alunos do Ensino Médio do País –  reuniu mais de 550 estudantes de 44 escolas da capital e do interior.

Para a simulação, as escolas são organizadas em grupos denominados delegações. Cada equipe representa o corpo diplomático de um País e tem a missão de defender a política externa em debates desenvolvidos nos 13 Comitês de discussão que compõem o Fórum. Aos alunos do Colégio FAAP ficou a responsabilidade de representar os países europeus Sérvia, Macedônia e Estônia.

Além de estudar a história dessas nações, os alunos – oito no total – pesquisaram sobre a geopolítica desses países e suas posições em relação a diversos temas da atualidade. O objetivo era ter o máximo de informações e subsídios para participar ativamente das discussões e se posicionar sobre a problemática apresentada durante a representação. Para isso, foram meses de preparação, com encontros semanais, coordenados pelos professores Atílio Monteiro Júnior, de História e Filosofia, e Mariângela Gianella, de Biologia.

Na simulação, os alunos devem defender a posição do país que representam

Na simulação, os alunos devem defender a posição do país que representam

A preparação dos alunos também é pautada em um guia de estudos elaborado pelos Diretores dos Comitês do Fórum, que são os alunos dos cursos de Economia e RI da FAAP. Composto por informações, sugestões bibliográficas e dicas de sites de pesquisa, o guia proporciona aos alunos entender o contexto geral que compõe o cenário das discussões desenvolvidas. A publicação traz ainda os deveres e as regras de procedimento parlamentar que devem ser adotadas durante os dias do evento.

O Fórum FAAP de Discussão Estudantil é um momento em que os alunos desenvolvem diversas competências, além do aprendizado prático. “Eles aprendem a defender uma ideia, a ter senso de liderança, poder de negociação, criatividade, além do exercício de falar em público, sem contar a convivência com alunos das diversas escolas participantes, ressalta o professor Atílio Monteiro Júnior, que finaliza: “Eles curtem muito essa experiência”.

Histórico

Organizado pelos alunos do curso de Economia e de Relações Internacionais da FAAP, com o apoio do corpo docente, o Fórum FAAP de Discussão Estudantil teve a sua primeira edição em 2005 e, na ocasião, contou com 270 estudantes vindos de 46 escolas de todo o Estado de São Paulo. Algumas edições foram marcadas pela presença de estudantes de outros locais, como Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Rio Grande do Norte.

Em 2016, os números bateram recordes: foram 14 comitês, que são as simulações de reuniões, como do Conselho de Direitos Humanos, do Fundo Monetário Internacional ou da Organização do Tratado do Atlântico Norte, entre outros; 569 delegados – número de alunos que participaram ativamente das discussões; e 44 colégios de São Paulo, da capital e do interior.

Oratória e poder de negociação são algumas das competências desenvolvidas no evento

Oratória e poder de negociação são algumas das competências desenvolvidas no evento

A simulação de organismos internacionais teve sua origem logo após a Primeira Guerra Mundial. Desde então, instituições de diversos países organizam anualmente modelos como este. O Fórum FAAP de Discussão Estudantil é pioneiro em simulação educativa do Estado de São Paulo voltada aos alunos do Ensino Médio.