Falando a mesma língua sem sotaque

Colégio FAAP

08 de outubro de 2021 | 11h00

Em qualquer relação humana, muito mais em organizações, canais de comunicação perenes, rápidos e sem ruídos são vitais. Considerando as naturais dificuldades que envolvem o convívio, clareza, objetividade e constância nas comunicações são fatores essenciais para se atingir objetivos com menores sacrifícios e, assim, maior eficácia.

Sobretudo em instituições de ensino, nas quais coerência, clareza e trabalho coeso na busca dos objetivos pedagógicos colocam a comunicação numa condição de sobrevivência.

A dinâmica acelerada da educação, sua complexidade e a extrema sensibilidade dos envolvidos podem fazer de um projeto singelo um sucesso, bem como destruir arquiteturas pedagógicas sofisticadas.

Tais reflexões redundantes, mas necessárias, retornaram à nossa atenção após a última reunião pedagógica que a equipe do Colégio FAAP realizou. A elaboração de um novo Projeto Pedagógico (buscando a constante renovação), nestes tempos agudos, nos parecia árdua e intrincada tarefa, mas a consciência e a consistência do grupo, potencializada pela comunicação fluida, demonstraram a importância de uma cultura organizacional embasada no diálogo aberto e objetivo.

Considerando a firmeza de caráter indispensável ao educador, a diversidade de formações e de visões de uma equipe pedagógica, a comunicação eficaz só pode ser alcançada enquanto derivação de uma cultura unificante, fruto de uma construção coletiva. As estruturas verticalizadas em instituições de ensino, historicamente, produzem vias informais que minam a estrutura formal, desvirtuando o projeto pedagógico.

Muito comum, como causa dessa dissonância, perceber ruídos que se refletem no cotidiano e que são amplificadas pela sensibilidade natural do educando.

Se o diálogo é um dos mais raros produtos nestes tempos de “babeis buscadas ou inveitáveis”, falar uma mesma “língua organizacional” é potencializar energias essenciais para o sucesso na difícil tarefa de educar!

 

Professor Henrique Vailati Neto é diretor do Colégio FAAP – SP. Formado em História e Pedagogia, com mestrado em Administração. É professor universitário nas disciplinas de Sociologia e Ciência Política. Tem quatro filhos e quatro netos.

 

Troque ideia com o professor: col.diretoria@faap.br

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:

FAAPEnsino MédioColégio FAAP

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.