Educar para ponderar: outro desafio de nossos tempos

Colégio FAAP

07 de agosto de 2020 | 17h21

Passamos, na nossa FAAP, parte do recesso de férias e, sobretudo, nesta primeira semana, nos recriando para, a cada dia, enfrentar o desconhecido sem perder de vista os nossos objetivos pedagógicos.

Concentrados nessa tarefa, vamos tateando o nosso contexto tomados pela sensação de que o quadro de crise que se estabeleceu está exigindo dos educadores a atenção para novos desafios de premência inusitada. São tantos os despautérios divulgados que nascem das mais variadas e, a princípio, de “confiáveis origens”; são tantas as notícias falaciosas e, é tão grosso o caudal das contradições que nos bombardeiam, que parece que foi decretado o falecimento do bom senso e da própria lucidez.

No topo da lista das notícias comprobatórias dessa realidade está uma das moléstias culturais que nos assolam, as fake news. No mesmo sentido e, tão nocivo quanto, encontramos pessoas bem postas (como diria minha avó) trombeteando absurdos sobre os mais variados assuntos em dissonância às mais elementares posturas científicas e de conduta social civilizada.

Não cabe exemplificar, quer pela evidência noticiosa, quer pelo respeito à sensibilidade de um incauto leitor que se aventurou por este texto. Acompanhar o noticiário se tornou uma verdadeira aventura ad nausean.

Assim, no conjunto de todas as habilidades intelectuais e emocionais que trabalhamos, em paralelo aos conteúdos essenciais para a formação de nossos jovens, somos obrigados, mais e mais, a levar os nossos alunos a exercícios de reflexão crítica sobre grandes questões da atualidade, de forma que tenham posturas autônomas e que, acima de tudo, se exercitem na difícil tarefa de escoimar informações de conteúdos espúrios.

Para tanto, aumentamos a dedicação para trabalhos interdisciplinares centrados em nossa disciplina de Painéis de Realidade, constituindo-se em mais uma trilha formativa. Nesse esforço, teremos rica a parceria do curso de graduação em Relações Internacionais da FAAP e seus professores.

Resgatar a capacidade de olhar o mundo com um olhar crítico é o caminho para conseguir resgatar a grandeza da era da informação. Retirando-a do lamaçal em que está mergulhada, tudo o mais é entregar as novas gerações ao cadafalso da ignorância informada!

Professor Henrique Vailati Neto é diretor do Colégio FAAP – SP. Formado em História e Pedagogia, com mestrado em Administração. É professor universitário nas disciplinas de Sociologia e Ciência Política. Tem quatro filhos e quatro netos.

Troque ideia com o professor: col.diretoria@faap.br

Tudo o que sabemos sobre:

FAAPeducaçãofake news

publicidade

publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: